[BGS 2013] Entrevista com Ambre Lizurey (AC: Black Flag)

Tags: Ambre Lizurey, Assassin's Creed, Assassin's Creed Black Flag, BGS 2013, Brasil Game Show, Edward Kenway, Just Dance, Just Dance 2014, Ubisoft, Watch_Dogs

Dando continuidade a nossa série de matérias especiais sobre a Brasil Game Show 2013, agora é a vez de conhecermos um pouco dos bastidores de mais uma grande franquia da indústria dos games: Assassin’s Creed. E quem conversou com a gente, no stand da Ubisoft, foi a super simpática Ambre Lizurey, gerente de produção de Assassin’s Creed Black Flag.

Ambre contou que parte do seu trabalho é fiscalizar o bom andamento de todas as etapas do desenvolvimento do jogo para, assim, garantir sua qualidade final. “Outra responsabilidade que tenho é a de acompanhar se todos os estúdios, envolvidos no game, estão cumprindo com suas metas e prazos de produção”, explica.

A produtora canadense disse também que trabalha a mais de 4 anos na Ubisoft e começou na empresa como analista de dados. “Na época, meu trabalho era entender de que forma os jogadores interagiam com nossos jogos, especialmente com os títulos da série Assassin’s Creed e Splinter Cell”, conta. “Graças a essa atividade comecei a trabalhar diretamente com o Projeto Legacy, de Assassin’s Creed, onde fiz parte da produção e análise de dados. Após este projeto, participei da produção de AC: Revelations e, finalmente, de AC: Black Flag”.

Bertrand Chaverot – Diretor da Ubisoft Brasil

Aproveitei a oportunidade para perguntar um pouco mais sobre o que os fãs podem esperar de diferente em Black Flag, especialmente de Edward Kenway, o novo Assassino da série. Ambre contou que o time de desenvolvimento procurou investir ainda mais na exploração do mundo aberto do jogo, com novos segredos e tesouros escondidos. Ela disse também que uma das grandes preocupações neste título é oferecer ao jogador diferentes atividades para fazer, tanto em terra quanto no mar.

E em relação ao novo Assassino, ele terá um início um pouco menos “glorioso” que os protagonistas anteriores: “com Ezio, o jogador pôde vivenciar toda sua luta por vingança. Já com Connor a luta foi por honra. Agora com Edward, a princípio, seu objetivo é alcançar a fama e o poder. Isso até certo momento do jogo em que ele se encontra com o clã dos Assassinos e se torna um deles”, explica Ambre.

Mas a Ubisoft não trouxe apenas AC: Black Flag para a BGS. Bertrand Chaverot, Diretor da Ubisoft Brasil, contou que os visitantes também puderam curtir uma demonstração exclusiva do gameplay de Watch_Dogs, apresentada por um dos produtores do game, que teve seu lançamento adiado para o início de 2014.

Também foi possível pegar um autógrafo da produtora Ambre Lizurey num pôster de Black Flag (a fila estava enorme e cheia de meninos que nem piscavam, será por quê? rs) e requebrar o esqueleto no palco do Just Dance 2014, que já virou tradição na feira. O engraçado é que, no início, as pessoas só passavam pelo palco, olhavam e não se aproximavam. Mais para o final do dia tinha gente dançando em cima do palco, pelo stand mesmo e nas laterais. É muito engraçado, mas não… Eu não dancei… Não vou trazer mais este trauma para o mundo, rs.

Vivi Werneck
Share on Tumblr
Feed do Post
2 Comentários em "[BGS 2013] Entrevista com Ambre Lizurey (AC: Black Flag)"
  1. 02/11/2013

    foi demais o estande no evento, e mais demais ainda poder ter trabalhado para a Ubisoft, o publico adorou, a Ambre e o Bertrand são muitos simpáticos e atenciosos, grandiosamente merecido todo o sucesso que esse povo faz^^

  2. Marcelo
    05/11/2013

    Mó gatinha, hein!? kkk
    Esse Black Flag parece bem promissor. Talvez agora eu me anime a jogar AC.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.