[BGS 2013] Sony x Microsoft!

Tags: BGS 2013, Brasil Game Show, conferência, Evento, Microsoft, playstation, ps4, PSN, Sony, Versus, Xbox, XONE

sony-microsoft

Sem a Nintendo para (tentar) conquistar seu lugar ao sol durante o Brasil Game Show, a disputa ficou acirrada entre Sony e Microsoft. Os dois gigantes da indústria estavam na feira durante todos os dias, com suas devidas conferências, novidades, títulos de destaque e algumas atrações para chamar a atenção do público, além é claro, de exibirem seus aguardados novos consoles: PlayStation 4 e Xbox One. Veja só no que cada uma delas se saiu melhor e também pior durante o evento:

 

  << Sony >>

Prós:

– O maior estande da feira, com dezenas de estações contendo PlayStation 3, PlayStation Vita e PlayStation 4. Dependendo do título, era possível aproveitar melhor a jogatina com o Headset Pulse 7.1, que… MEU DEUS DO CÉU! Quero pra ontem! <3

– Havia uma loja da Sony, a qual continha uma lista de títulos “Favoritos” com um ótimo desconto para venda!

– Dependendo do game que era testado, ao fim da fila era possível ganhar códigos para testar a PlayStation Network Plus por um mês (há quem tenha pegado mais de um com certeza!)

– O DJ que estava cuidando das músicas que animavam o estande era complacente, agitado e de muito bom gosto. Em outras palavras, ele curtia uns rocks muito bons, rs.

– Dentre os título de PlayStation 4 disponíveis na feira estavam: Killzone: Shadow Fall, Driveclub, Knack, Assassin’s Creed IV: Black Flag, Contrast e Octodad.

– O Campo Sony era certamente o maior mérito da Sony. Todas as caretas sobre o preço previamente anunciado do PlayStation 4 foram facilmente esquecidas em meio a um sistema muito simples e simpático de jogue-e-troque: era só entrar na fila, receber a cartela, jogar, e ao fim da fila, receber o tal carimbo (preto ou azul) na cartela e aí ficava ao seu critério acumulá-los ou não, para em seguida trocar por pôsteres ou cupons para preencher e lançar em uma urna. Esta urna foi a responsável por garantir a um sortudo, um PlayStation 4 em seu devido lançamento.

– Ao invés de booth babes, a Sony investiu em um grandioso time de voluntários, sempre solícitos a ajudar e dar dicas ao público que se aventurava no estande.

– Pra completar, havia um mural enorme que foi preenchido ao longo dos dias com artes de clássicos da Sony! Um primor!

– O PlayStation 4 sendo exibido em uma redoma de vidro no meio do estande com os quatro controles… Era inexplicavelmente lindo. A cereja do bolo!

 

Contras:

– As filas. Filas enormes.

– Já falei das filas??

 

  << Microsoft >>

Prós:

– Era o estande mais chamativo, com certeza. Por causa do verde, só pra constar.

– A conferência da Microsoft, onde eles falaram: sobre o considerável aumento no preço do Xbox One (de R$ 2200,00 para R$ 2300,00 apenas para quem não o comprou em pré-venda); sobre o preço dos títulos à R$ 199,99; sobre o preço do controle à R$ 259,00 e; sobre a localização em português brasileiro dos títulos Dead Rising 3, Forza 5 e Ryse: Son of Rome. Mas pensando bem, eu não sei bem se este é um tópico positivo…

– Teve um flashmob ao som de Thriller de Michael Jackson, com zumbis dançando a coreografia do clipe para promover Dead Rising 3.

– O espaço estava bem dividido entre lançamentos do Xbox 360, um cantinho especial para o Kinect com o Just Dance 2014, e, obviamente, o Xbox One e seus exclusivos.

– Dentre os títulos disponíveis para o Xbox One, estavam: Dead Rising 3, Killer Instinct, Forza 5 e Ryse: Son of Rome.

– Havia um time caracterizado de soldados inspirados em Ryse dando o ar de sua graça no estande;

– Para completar o show, havia ainda um carro promocional inspirado em Forza 5, que vez ou outra era ligado para acordar o público.

– O Xbox One também estava sendo exibido, em toda sua grandiosidade, em uma redoma de vidro no meio do estande.

 

Contras:

– O som do estande estourava os tímpanos dos transeuntes vez ou outra, e cá entre nós… A playlist não estava tão legal assim.

– No primeiro dia de evento, apenas Killer Instinct estava disponível. Os demais foram disponibilizados nos dias seguintes… Mancada.

– Filas. Oh… Essas filas.

 

O que posso dizer de ambos?

Testamos os dois consoles e em aspectos técnicos básicos, vou resumir o que achei deles:

– Em questão de gráficos os dois consoles esbanjam beleza e isso não há como negar. Dá pra se notar uma boa diferença no visual dos títulos que serão lançados com os consoles se comparados há alguns jogos da atual geração.

– Em questão de controles, ambos são bem confortáveis e encaixam bem nas mãos. Eu pelo menos, não vi uma alma viva sequer reclamar dos controles: eles respondem bem, são gostosos de apertar, e estão lindos e flexíveis. Em destaque deixo o controle do Xbox One.

– Em questão de jogos… Eu me diverti igualmente em ambos.  Só um ou outro que não consegui jogar, mas dos que testei, achei bem divertidos, cumprem suas devidas propostas e ainda podem ser um pouco melhorados em um aspecto ou outro – como os controles manuais do Driveclub. Em destaque deixo o Killzone: Shadow Fall, meu favorito dentre os que joguei, por causa do seu interessante multiplayer.

 

E o veredicto?

microsoft-sony

No evento Brasil Game Show, a garotada teve como se divertir muito mais no estande da Sony mesmo. No que diz respeito à decisão de qual console realmente vão adquirir, por preço obviamente muitos vão optar pelo Xbox One em um primeiro momento. Não adianta, é o fator que mais pesa. Embora os esforços da Sony tenham sido muitos (em quantidade e em qualidade), quem de fato conseguiu abocanhar mais consumidores, sem muito esforço, foi a Microsoft.

Para quem ainda não sabe, uma semana antes de começar o maior evento de videogames da América Latina, em uma nota à imprensa foi divulgado o preço oficial do PlayStation 4 no Brasil, pela bagatela de meros R$ 3999,99. Isso gerou um baita rebuliço na comunidade, e quando enfim aconteceu a conferência da Sony às vésperas de Brasil Game Show (24/10), Mark Stanley subiu ao palco e admitiu não estar feliz com o preço anunciado para o país.

Entre outras novidades anunciadas na conferência, vieram as notícias de que os principais títulos de PlayStation 4 seriam localizados em português brasileiro; pelo menos 19 estúdios nacionais já estão produzindo jogos para a marca PlayStation; a PlayStation Network Plus Brasileira enfim foi inaugurada com as mensalidades de: 1 mês por R$19,99, 3 meses por R$39,99 e 12 meses por R$99,99; e, por fim, tivemos a presença de Viviane Senna, irmã do tricampeão de Fórmula 1, para anunciar uma parceria com o Instituto Ayrton Senna, onde parte de todas as vendas globais de Gran Turismo 6 serão convertidas para a instituição, além de anunciar a possibilidade de jogar com o próprio Ayrton Senna no jogo, e também um bundle exclusivo para o Brasil que inclui o game, um DLC com 25 carros adicionais e ainda US$ 1 milhão em créditos virtuais dentro do jogo (ainda sem preço divulgado).

Mesmo tentando agradar o público brasileiro com tantas novidades, nada mudou o descontentamento com o preço final do console, e havia até esperanças de que a Sony anunciasse durante a própria Brasil Game Show uma redução considerável no preço, mas nada aconteceu. Em uma entrevista muito bacana cedida ao Arena iG, Mark Stanley explicou abertamente sobre como o console chegou a este preço e pediu um pouco de paciência aos brasileiros, pois nem a própria Sony tem interesse em vender o console a este preço…

De qualquer forma, acabou que a história se repetiu uma vez mais. Quem não se lembra de PlayStation 3 sendo vendido a quase R$ 7000,00 enquanto o Xbox 360 alavancava as vendas e a preferência do público, ambos em seu tenro início de ciclo…? Tudo bem que o quadro agora é completamente diferente, temos todo um mercado se focando cada vez mais em investir no país e a tendência é só melhorar… Mas tudo me parece um cabuloso déjà vu. Cabe agora a vocês, eu, todos nós… A escolhermos termos paciência ou ir de cabeça em uma dessas duas aventuras e lidar com essa escolha.

 

Allons-y!

Jessica Pinheiro
Share on Tumblr
Feed do Post
8 Comentários em "[BGS 2013] Sony x Microsoft!"
  1. The Punisher
    08/11/2013

    Pelo menos pra mim, PS4 só quando sair s versão SLIM.

  2. The Punisher
    08/11/2013

    Na JOGOS3DS o PS4 está bem mais em conta em relação a esse absurdo, -> PlayStation 4.

  3. leandro(leon belmont) alves
    09/11/2013

    prefiro o PS4. o XONE (nome Horrível) além de ter dado uma de canalha e não ter conseguido o que queria inicialmente, que era nos @##$#. seus exclusivos não me impressionaram.

    Killer Instintc onde temos que comprar personagens que já deveria estar no jogo? prefiro os do SNES, obrigado.

    Forza? sou mais Gran Turismo.

    e vou esperar pacientemente o PS4 baixar

    • Jessica Pinheiro
      12/11/2013

      É o que eu farei também: esperar a redução do preço do PS4. :\
      Fora que do line-up que acompanhará o lançamento do console, poucos títulos me interessam.

      • 13/11/2013

        Same here, Jejé. Infelizmente, seja lá por que motivo for, esse preço LINDO do “PS4K”, abrandou bastante a nossa sede pela nova geração. Não que o XBox One seja lá muito barato ou o preço seja assim tão justo, mas convenhamos, o dobro do preço pesou demais :\

        Não sou nada-ista e não ligo pra aparência, especificações ou acessórios dos consoles (apesar de, na geração X360, eu não gostar do controle dele :P). Simplesmente tive PS2 e PS3 porque os exclusivos me apetecem mais, mas nada me impediu de ter um XBox ou um X360.

        Do mesmo jeito que você, de novo, outra coisa que me afasta de querer um PS4 é o line-up, não curto nenhum dos estilos nem séries que saem agora. Quem sabe, como ocorreu com o PS3, quando sair o sonha Uncharted 4 (ou whatever) eu fique num hype maior e se (e somente se) o preço ajudar, eu de$embol$e uma$ Dilma$… :P

  4. Renan Sousa
    22/11/2013

    queria muito ter ido esse ano.. u.u

    stands épicos e muita hype! espero comprar algum console quando eu for viajar pro exterior :)

  5. gui
    15/02/2014

    prefiro o XONE pq os títulos são ÉPICOS tipo,nao to falando que os títulos da sony são podre,pow,o god of war é ÉPICO mas a época dele já passou,o forza apavora gran turismo,uncharted é foda mas titanfall é 10 vezes melhor.

  6. gui
    15/02/2014

    e também a LIVE da de 10 a 0 na PSN,ta certo que a live precisa pagar,mas a PSN é um lixo,veja aki se eu to mentindo http://forum.jogos.uol.com.br/Descubra-aqui-pq-a-LIVE-e-melhor-que-a-PSN_t_445799

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.