Cavaleiros do Zodíaco: Análise + Entrevista

Tags: anime, cavaleiros do zodíaco, dublagem, Entrevista, game, saint seiya
reviews_saint_seiya_01

Eu tive um pôster desta imagem na parede do meu quarto!

Quem é da minha geração, estando hoje com seus vinte e poucos anos, sabe muito bem a febre que foi Cavaleiros do Zodíaco nos anos 90, que iniciou uma onda de popularização dos animes no Brasil. A criançada e os adolescentes iam à loucura com qualquer coisa relativa ao desenho e não perdiam um episódio. Para relembrar, fiz esta matéria e dedico aos fãs da série. Aviso: o post está enorme!

Em primeiro lugar, vamos rever alguns dos indicadores de que um indivíduo foi fanático por Cavaleiros naquela época (eu me encaixo em todas as categorias, sem exceção):

- Você se chocou com as cabeças humanas na casa do Máscara da Morte de Câncer;

- Você ficou triste quando o Shiryu perdeu a visão e ficou feliz quando ele a recuperou;

- Você brincava de Cavaleiros com os amiguinhos (eu sempre era a Shina de Cobra);

- Ao chegar na escola, a primeira coisa que você fazia era comentar com os amigos sobre o episódio do dia anterior;

- Você comprava regularmente a revista Herói (que na época falava 98% sobre Cavaleiros e 2% sobre outras coisas);

- Você gostava de comprar todo tipo de bugiganga relacionada ao desenho (de canetas a bonecos);

- Você ficou surpreso quando descobriu que o Cavaleiro de Libra era o Mestre Ancião e mais surpreso ainda quando descobriu por que ele ficava sempre vigiando os 5 Picos Antigos;

- Você tinha vontade de estrangular o Shun toda vez que ele soltava um “Iiiiiikkiiiii, meu irmãaaaoooooo”;

- Você sabia de cor todos os nomes e golpes de todos os personagens de todas as sagas do desenho;

- Você ficou meio “o_O” com a cena em que o Shun esquenta o corpo do Hyoga;

- Você vivia cantando as músicas de abertura e encerramento;

- Você foi ao cinema assistir todos os filmes;

- Você não perdeu um episódio sequer do desenho, em todas as vezes que ele foi reprisado na Manchete (e não foram poucas);

- Você comprou o CD da trilha sonora brasileira e o guarda com carinho até hoje;

- Você desenhava os cavaleiros que mais gostava;

- Você tinha uma baita peninha da história do Cavaleiro de Sagitário, que foi injustamente acusado de traidor;

- Você se chocou quando descobriu que na verdade o Mestre Ares era o Saga de Gêmeos, que tinha dupla personalidade.

Bom, apesar da introdução digna de fanboy/fangirl, este é um blog de games e eu não vim falar do anime, mas sim de um jogo (ruinzinho que dói) dos Cavaleiros que experimentei alguns anos atrás.

saint-seya-sanctuary-ps2

Saint Seiya: Chapter Sanctuary é um game de luta lançado em 2005 para o PS2 que, como seu título diz, reproduz a saga do Santuário. A minha maior reclamação quanto a ele é sua jogabilidade, mas leiam abaixo uma breve análise por categorias.

Visual e Atmosfera

A modelagem dos cenários e personagens é boa, com polígonos suaves (nada de pontas toscas) e texturas bem acabadas. A única coisa que deixou um pouco a desejar foi a modelagem dos rostos e dos cabelos. O destaque vai para os efeitos, como o brilho das armaduras e os raios luminosos dos golpes, que são bem trabalhados e bonitos.

A introdução do game reproduz em 3D a abertura do anime.

Jogabilidade

É neste quesito que o game derrapa. A movimentação dos cavaleiros é dura e presa, apesar de ser possível percorrer todo o cenário como em Soul Calibur, e eles não saltam nem abaixam. O leque de golpes não é muito abrangente e há poucos especiais. Quando a barra de life do personagem chega ao fim e ele é nocauteado, aparece uma imagem de Atena, como se ela estivesse dando uma chance para reviver, e é preciso apertar repetidamente os botões para voltar à luta. Mas a cada vez que isso acontece a velocidade com que se deve pressionar os botões aumenta, dificultando a recuperação. O cavaleiro só morre quando o jogador não consegue fazer isso no tempo determinado. Assim como no anime, os caveleiros podem elevar o cosmo ao máximo e despertar o sétimo sentido, ficando mais poderosos e desferindo especiais com mais facilidade. Os especiais chamados de Big Bang Attacks são os únicos que impedem a volta à luta, se forem eles a acabar com o resto de energia do adversário.

Luta entre meus dois personagens favoritos: Shaka de Virgem e o Cavaleiro de Ouro do meu signo, Dohko de Libra.

Cenas

Esta parte é irritante, pelo menos para mim. A cada especial desferido no inimigo ocorre uma lenta animação do golpe, como se o jogador estivesse assistindo ao anime. Nas primeiras vezes isso é legal para relembrar o desenho, mas depois de um tempo enjoa, principalmente por não haver a opção de pular as cenas. Quando um personagem é arremessado longe, também ocorre uma ceninha totalmente desnecessária. Essas animações constantes prejudicam a agilidade do combate, tornando-o cansativo e arrastado.

02ql0

Extras

O melhor do game são seus extras. Quem é fã se deleita com o banco de dados da série. Há informações sobre cada um dos cavaleiros, além de imagens e outras coisinhas legais. O conteúdo extra contém também a galeria com as cenas e músicas do jogo.

Conclusão

Saint Seiya: Chapter Sanctuary é um jogo relativamente bonito e com muitos extras para agradar aos fãs. Mas se você é um hardcore obcecado por games de luta e gosta de sistemas equilibrados, com boa jogabilidade e dificuldade balanceada, talvez seja melhor passar longe desse título.  xD

BÔNUS

E para fechar com chave de ouro esta matéria, consegui uma entrevista com Hermes Baroli, o dublador do Seiya de Pégasus no anime. Apesar de eu nunca ter gostado muito do Seiya, sempre fui fãzona do Hermes e adoro sua voz. Pude comprovar que a simpatia é uma característica da família Baroli, pois há alguns anos eu conheci o pai do Hermes (Gilberto Baroli, dublador do Saga de Gêmeos) numa convenção de animes, bati um papo esperto e ele foi extremamente simpático. Aliás, para quem não sabe, os Baroli são uma família muito competente de atores/dubladores e quatro deles trabalharam em Cavaleiros do Zodíaco: Gilberto (o pai) dublou o Saga, seu filho Hermes dublou o Seiya, sua filha Letícia dublou a Saori e sua filha Luciana dublou a Shunrei.

hermes_baroli

1 – Como surgiu na sua vida a oportunidade de dublar Cavaleiros e como foi o processo até você se tornar, oficialmente, a voz do Seiya?

Na dublagem o diretor escala seu elenco, que só descobre o que vai gravar na hora da gravação. Então não houve um processo. Cheguei pra gravar  e descobri o que era. Na época não era nada demais, apenas mais um desenho. A febre de CDZ só foi acontecer depois quando o desenho estreou.

2 – E como foi trabalhar em família, durante o processo de dublagem do anime? Visto que você era o Seiya, seu pai o Saga, sua irmã a Saori e sua outra irmã a Shunrei (na nova dublagem). Vocês “levavam trabalho pra casa”, no sentido de discutir as cenas, ensaiar juntos e essas coisas, fora do estúdio de dublagem?

Não, primeiro por que nunca morei com meu pai ou minhas irmãs. E depois porque isso acontece frequentemente de a gente contracenar num mesmo filme. Mas como cada um faz sua parte sozinho não tem essa troca na hora da gravação. Claro que nas reuniões de familia, aniversários, churrascos, etc, a gente termina falando sobre alguns trabalhos.

3 – Imagino que, no começo, você não tinha idéia do sucesso que Cavaleiros do Zodíaco viria a alcançar no Brasil. Como foi quando você começou a se dar conta da proporção que estava tomando, do alcance que o anime estava atingindo?

Foi uma grande mudança no mercado de dublagem. Os dubladores só começaram a ser reconhecidos em CDZ. Portanto esta série é um marco pra nós. Foi muito gratificante poder ter contato com o nosso público. E passamos a fazer nosso trabalho com mais zelo pois tínhamos em mente pra quem estávamos fazendo e quais eram suas expectativas.

4 – Você se surpreendeu com a resposta dos fãs do anime, que acabaram virando fãs dos dubladores também? Tanta gente querendo te conhecer, convites para participar de convenções e etc. Como foi lidar com essa nova realidade na sua carreira?

É um grande prazer poder saber o que nosso público pensa, como ele reage, o que ele acha do nosso trabalho. O contato direto que acontece nos eventos no Brasil inteiro é o mais gostoso disso tudo.

5 – Fora o trabalho em Cavaleiros, que outros personagens da sua carreira você mais gostou de dublar e por quê?

Foram tantos personagens nesses 23 anos que tenho de dublagem que fica difícil dizer qual foi o mais legal. O Seiya é o mais conhecido entre todos eles, mas gosto muito de dublar filmes ou atores como Edward Norton, Matt Damon ou Brad Pitt. Animes como Full Metal, Shurato, Get Backers, Sailor Moon, Super Campeões, etc.

6 – E no anime dos Cavaleiros, tirando o Seiya, qual seu personagem favorito e por quê?

Gosto do mestre do Shiryu porque me lembra o Mestre dos Magos de “A Caverna do Dragão”. E tem uma interpretação especial na voz do Araken Saldanha.

7 – Você lembra de alguma parte do anime (cena, episódio, fase) que te marcou?

Gosto das últimas sagas que tem um tom de comédia mais escrachado. Gosto da cena em que ele está em um ambiente que pede silêncio e ele dá um espirro barulhento.

8 – Falando sério agora, o que você realmente acha do Seiya? Confesso que eu não era muito fã, pois o bendito só conseguia chegar nos chefões e matá-los depois de todos os amigos terem se lascado por ele. (Mas que fique claro que sempre amei sua voz e sempre te admirei demais como dublador! rs)

É engraçado como este comentário se repete na grande maioria dos fãs, já é quase um clichê. Só quero saber qual é a série em que o mocinho não tem exatamente o mesmo tratamento. Afinal o nome da série é “Saint Seiya”, era de se esperar que fosse assim. rsrs Só não sei por que culpam o Seiya por isso. A culpa é do Kurumada. Mas entendo que o mocinho não seja tão querido e o vilão, sim. Os vilões são capazes de fazer tudo que nós queremos fazer e não temos coragem.

Perguntas Gamers:

9 – Você jogava videogame quando criança e adolescente? Quais games gostava de jogar?

Quando muleque eu gostava de Enduro, River Raid, essas coisas. Hoje só jogo Winning Eleven.

10 – Você disse que hoje em dia só joga Winning Eleven. Mas joga apenas como hobby, ou é daqueles que reúne os amigos em casa e promove verdadeiros campeonatos de futebol virtual? E como é o Hermes jogador de Winning, dá goleada em todo mundo?

Adoro receber amigos pra jogar. É mais divertido quando se tem um sparring. Mas nem sempre me dou bem. Tenho amigos que são osso duro de roer. E claro que quando jogo com muleques de 12 ou 13 anos, sempre tomo um coro.

**********

Hermes é gente boa pra caramba e nos mandou uma mensagem super fofa, ouçam aqui:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Extra

Abaixo um vídeo de Hermes participando do programa “Combo Fala + Joga”, sendo entrevistado e jogando Saint Seiya: Chapter Sanctuary.

Hermes, nós do Girls of War agradecemos por sua participação no blog!

Bebs
Share on Tumblr
Feed do Post
152 Comentários em "Cavaleiros do Zodíaco: Análise + Entrevista"
  1. Gui
    05/07/2009

    Meu idolo seya

  2. Anon
    05/07/2009

    Om shura sowaka! O poder de Shura! Cavaleiros era bom, mas Shurato era melhor, mesmo nunca tendo o reconhecimento que merecia.

    C-c-c-c-combo breaker!

    Ainda assim, eu gostava muito de cavaleiros (eu até tenho o cd com as músicas da série e uns bonecos que já se foram), mas mesmo assim não tenho mais aquela sensação de nostalgia. Acho que minha infância foi apagada da minha memória e substituídas por fórmulas de física e matemática. Maldito vestibular.

    Porém as músicas dos animes antigos são eternas. Faça elevar o cosmo no seu coração/Todo mal combater/Despertar o poder!…
    Ps: A outra abertura era cafona

    • Rebeca
      05/07/2009

      Ahhh, a abertura velha era cafona mas era legaaal, vai?! Virou hino dos fãs do anime da nossa geração…

      Tem sempre alguém no cosmos ajudando um cavaleiro a venceeeeeer… e só um vencedor pode vestir sua armadura de ouro!

      Nos eventos de anime que eu fui, sempre que tocava essa música a galera ia à loucura e cantava junto! xD

      • Birimbeto
        05/07/2009

        Sem desmerecer o Barolli, já que sou fã do cara, mas fico mais grato mesmo é por você finalmente ter mostrado o rostinho lindo, Rebecca! =P
        E o jogo de PS2 é lixo mesmo, só sendo muito fanboy pra achar aquilo divertido. Mas enfim!

        • Rebeca
          05/07/2009

          Err… obrigada, Beto. xD
          Mas assim, meu rosto tá estampado lá na parte “The Girls” desde que eu entrei pro blog. heheheh

  3. Anon
    05/07/2009

    E Rebeca, queime esse jogo e lave suas mãos com água benta. Jogo ruim nem nostalgia salva.

    • Rebeca
      05/07/2009

      Anon, nem me fala! Eu só joguei isso porque era um game do meu sobrinho e quis experimentar, já que eu era fã de Cavaleiros! Mas ô jogo arrastado e enjoado! ¬¬º

  4. Renan Rodrigues
    05/07/2009

    Tem sempre álguem no cosmos ajudando o cavaleiro a vencer!!
    E só o vencedor pode vestir sua armadura de ouro!

    Eu tenho essa música aqui em casa! Até gravei ela esses dias!

    Pena que só assisti a 3 temporadas, e não lembro de quase mais nada.

    Bom post Bebs, e muito boa entrevista tbm.
    Agora boa noite, vou tentar dormir

  5. Shadow Warrior
    05/07/2009

    Bebs do céu!!! vc quer me matar de overdose?!! hehehehe
    Minha vida mudou completamente quando assisti pela primeira vez os Cavaleiros do Zodíaco. E olha que eu não tive uma impressão muito boa do desenho no início(pelas chamadas do comercial parecia ser uma coisa chata e tediosa).

    Não acredito!!! Vc ainda tem o cd com a OST do desenho *____*, não conhecí ninguém com “coragem” suficiente para comprar isso.

    O jogo é fraco mas é muito engraçado, principalmente quando aparece a Atena no meio da luta para reanimar o seu cavaleiro(todo mundo entra em pânico nessa hora e começa a apertar os botões do controle freneticamente como se tivesse mal de parkinson XD)

    * Quanto ao fato de vc não gostar do Seya não se preocupe, vc não é a única (Só o Kurumada gosta dele, tanto é que ele fez varios animes com ele, com nomes diferentes).

    • Rebeca
      05/07/2009

      Aff, apesar de engraçado, eu odiava essa parte de reviver o personagem tendo de apertar os botões freneticamente!
      Pq eu tenho trauma de games assim, sempre fui ruim, não tenho agilidade nos dedos pra isso. ¬¬º

      Antigamente eu jogava com meu irmão o jogo de esportes olímpicos que tinha no NES, daí esportes como natação, corrida e afins sempre era de apertar botões alopradamente. E eu sempre perdia. Já meu irmão tinha uma agilidade louca nos dedos, era medonho. o_O

      • Shadow Warrior
        05/07/2009

        Mas essa é a (única) parte engraçada do jogo hehehe
        Ver o adversário “suando” para se manter vivo XD.

    • 05/07/2009

      começei a gostar d animes depois q vi os cavaleiros. meu deus, q vicio q era na minha vida! mas eu os adoro ate hj!

  6. Renan Rodrigues
    05/07/2009

    Nem falei do jogo (dããã)

    O jogo é ruim pacas! Joguei ele uma vez e quase sentei o controle no chão.

    @ Shadow

    Vários animes? Quais? Só conheço Bt’x que tem um “seya” de personagem

    • Rebeca
      05/07/2009

      Vixe Renan, praticamente todos os mangás/animes do Kurumada tem um “Seiya” como protagonista. heheheh xD

  7. Shadow Warrior
    05/07/2009

    Ah esqueci de comentar a entrevista, que foi muito bem feita por sinal.
    Para mim não acrescentou muito(a não ser a parte sobre games)pois já o vi varias vezes em eventos de anime aqui em SP. E o pai dele (Gilberto Baroli)me “matou”(dublando o Saga de Gêmeos)com a explosão galática durante um desses eventos…

  8. 05/07/2009

    RONALDO!
    Brilha muito na armadura de ouro 8D

    quanto ao post, bem…
    “cada especial desferido no inimigo, ocorre uma lenta animação do golpe, como se o jogador estivesse assistindo o anime. Nas primeiras vezes isso é legal para relembrar o desenho, mas depois de um tempo enjoa, principalmente por não haver a opção de passar as cenas. Quando um personagem é arremessado longe, também ocorre uma ceninha totalmente desnecessária. Essas animações constantes prejudicam a agilidade do combate, tornando-o cansativo e arrastado.”

    BEB’S ACABOU DE DESCREVER O DESENHO! HAEUAEHUAEHAEUAEHAEUHAE
    Sério, eles aproveitavam cada animação, cada coisinha, que quando fui ver dia desses eu disse para mim: nuorsa, o orçamento dessa coisa era baixo pra caramba XD.

    O engraçado é que nessa nova série, o Lost Canvas (que ainda nao vi e nem li), só tenho ouvido elogios e muita gente diz q isto acontece pelo fato do kurumada só supervisionar e não escrever o roteiro do negócio XD.

    CDZ era tosco, mas nós amávamos XD

    • Rebeca
      05/07/2009

      CDZ é o ápice do clichê, da repetição e da tosquisse! Mas não tem como, foi o desenho de nossas infâncias e a gente amava! hahahahahahahh

      Eu também já reparei isso Thy, desde aquela época, do tanto de cena que eles reaproveitavam. xD

      E as falas então??? Um dos clichês das falas era que sempre que aparecia um cavaleiro novo, por exemplo, alguém descrevia o cara “Ohh, esse é o Sandrovaldo de Garça Dourada, da lendária armadura do Ônix Flamejante, o cavaleiro das terras longínquas de Piraporinha do Bom Jesus, considerado um dos mais fortes de sua região, que derrotou o grande e temível monstro do lago Ness com apenas um espirro“. E aí se a cena mudava e entrava outro cavaleiro, ele repetia “Ohhh, este é Sandrovaldo de Garça Dourada, da lendária armadura do Ônix Flamejante, o cavaleiro das terras longínquas… etc?“. hahahahah

      • Rebeca
        05/07/2009

        E outra, sempre tinham momentos em que todo mundo na cena parava e ficava contemplando um personagem que tinha feito ou dito algo de impacto… todo mundo olhando pra esse personagem com cara de Buda Iluminado e cada um sussurrava seu nome.

        Por exemplo, o Ikki apareceu e salvou o dia, aí cada um que estivesse na cena olhava pra ele com cara de “ooohhh” e suspirava “Ikki…”! xD

    • Shadow Warrior
      05/07/2009

      CDZ era tosco, mas nós amávamos XD [2]

      Sua frase disse tudo: o desenho era razoável, os diálogos terríveis(de novela mexicana hehehe)e ainda assim conseguiu fazer uma legião de fãs XD.

  9. 05/07/2009

    quanto a entrevista, me pergunto se ele já cansou de ser sempre procurado pra falar sobre o seya.
    faltou perguntar pra ele se era um porre fazer um som de gemido todo o tempo e de repetir a fala dos outros personagens a cada 5 minutos

  10. 05/07/2009

    caaara… eu amava o Hyoga de paixão!!! Fazia varios desenhos dele! rss

    • Rebeca
      05/07/2009

      O Hyoga era meu favoritoooo dos cavaleiros de bronzeeee! Dp o Ikki! *___*

    • Shadow Warrior
      05/07/2009

      Eu não gostava do hyoga porque ele era muito “frio” kkkkkk

      • Rebeca
        05/07/2009

        Ele era muito é emo com aquele drama todo da mãe no fundo do mar! rsrs xD

  11. 05/07/2009

    eu tenho guardado ate hj as fitas com os especiais q depois converti p DVD

  12. 05/07/2009

    ah sim, quem foi moleque nesta época brincou de cavaleiros do zodíaco!
    eu era sempre o hyoga e o meu irmão o ikki, ele ficava fazendo “AVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE FÊNIXXXXX!!!”

    e tinha um viadinho (q era sempre excluído, coitado) q queria fazer o shun
    aliás, deviam entrevistar o cara q dublou o shun e perguntar se ele gostava dessa fama de viado do personagem q ele dublava XD

    • Rebeca
      05/07/2009

      Hahahahahah coitado do Ulisses Bezerra! Deve ouvir muito isso! xD

      Eu gosto de todos os dubladores da série, mesmo os dos personagens que não sou mto fã. \o/

    • Shadow Warrior
      05/07/2009

      Viadinho??? Ele era o cara mais macho(man) do anime XD.

  13. ally666
    05/07/2009

    O_O Post incrível heim Bebs!

    Mesmo pra mim que não são tão fã assim da série (preferia Dragon Ball :P), mas Cavaleiros do Zodíaco foi realmente um anime muito bom!

    E pior que o Hermes ta certo sobre o que falam do Seiya, essa história de quase todo mundo morrer e no fim ajudarem o “mocinho principal” a matar o vilão ja virou clichê. E mesmo que o anime fale apenas de 1 herói, no fim o outro final que também ja virou clichê é no ultimo segundo quando o inimigo esta prestes a dar o golpe final (ou talvez nem perto disso, por que em TODOS os animes, normalmente o vilão faz “aquele discurso” antes de matar de vez o[s] herói[s] ja todo[s] fu****) milagrosamente usar um poder ultra-fodão (Aí todo mundo pergunta: por que não fez isso antes?!) ou é salvo por alguém que aparece do nada. FATO.

    • Rebeca
      05/07/2009

      O maior fato é que os animes e games desse estilo são poços de clichês! heheheheh

      E seeeeempre rolam esses discursos filosóficos, especialmente nas lutas com os vilões principais, que levam mais de 5 episódios pra acabar justamente por causa de toda a enrolação. O combate em si não toma nem meio episódio. xD

      • 05/07/2009

        quem é que se lembra dos 5 minutos do freeza? XD

        • Shadow Warrior
          05/07/2009

          kkkkk
          5 minutos em namekusei = 2 meses na terra XD.

        • ally666
          05/07/2009

          Olha que conhecidência…eu digitando sobre o Kuririn e você falando da luta com o Freeza xD

          Aquilo foi inesquecível…1ª vez que o Goku se transformava em Super Saiyajin! Foda demais!

      • ally666
        05/07/2009

        Pior que é.

        Falando dos combates…a maioria não gosta de ver os heróis sendo “massacrados” pelo vilão. Mas no Dragon Ball era tão legal ver o Kuririn sempre sendo o saco de pancadas! Hahaha! Alias, isso foi uma das coisas que eu mais senti falta no “Filme” de live action (se é que podemos chamar aquela destruição da série de filme) do Dragon Ball. Eles falarem de Goku ser treinado pelo Mestre Kami sem aparecer o Kuririn e sem ele dar uma de fodão e apanhar do Picolo foi um grande erro.

  14. 05/07/2009

    Isso de gente ficar parado com a cara de abestado falando o nome do personagem tem até hoje em qualquer anime XD.

    Quer clichê até o talo ATUAL? Assista Bleach XD

  15. 05/07/2009

    pior era q as músicas de abertura e encerramento da temporada de asgard (q é FILLER mas é a melhor da série, hhaeuhaeuaehauah) em português o cara parece cantar pelo nariz XD

  16. Arconte Guardião
    05/07/2009

    Uau! Gostei bastante dessa matéria! Parabens!
    Eu sou louco por cavaleiros do zodiaco até hoje. Ainda sonho em ter algums bonequinhos da serie Myth Cloth, sei que não são baratos coisa nemhuma, mas são muito maravilhosos, dispenso qualquer figura de ação por estes Myth Cloth, é serio! :)
    Agora nunca joguei Chapter Sanctuary, tenho o Chapter Hades e gosto, acho legal…. Bom, me espichei demais…parabens pela materia mais uma vez.

  17. Alef
    05/07/2009

    Eu só joguei o jogo da saga de hades, o joguinho ruim, estragaram um clássico.

    Pelo o q eu vi ai nos videos das lutas, os caras ñ tiveram nem o trabalho de refazer a animação dos golpes de um jogo para o outro.

    Único jogo de luta de um anime q eu joguei e gostei foi o dragon ball z budokai tenkaichi 3, acho q é assim q escreve xD

  18. Renan Rodrigues
    05/07/2009

    @ Bebs

    Ulisses Bezerra é o cara que tbm dubla o Bob esponja e Goku não é?

    @ Pessoal

    embora todos os animes que vc tenham falado, tem uma “série” live-action, que é a mais clichê de todos: Power Rangers
    Alguns clichês:
    não importa o golpe, sempre saem faíscas.
    AS explosões são a um km de distância e acertam eles
    Eles apanham durante a luta, mas no final pegam uma super arma e detonam monstro(não podia ter feito no ínicio?)
    Pq eles não usam o megazord quando o monstro é pequeno?
    Sempre tem um inimigo ultra-fodástico que vence deles em todas as lutas, mas no final ele vira o 6º Ranger.
    Perto do final, os morfadores ou megazords sempre estragam, e eles fazem uma “super viagem no confins do universo” para recuperá-los.

    • Renan Rodrigues
      05/07/2009

      Correção:
      Sempre tem um inimigo ultra-fodástico que vence deles em todas as lutas, mas quando ele vai dar o golpe final, ele se lembra do seu passado e vira o 6º ranger(que é preto,prata ou verde)

    • Rebeca
      05/07/2009

      O cara que dubla o Bob Esponja e o Goku é o Wendel Bezerra, Renan. xD

      • Renan Rodrigues
        05/07/2009

        Sim, depois que eu comentei eu lembrei meu erro.
        Mas como eu fui expulso do pc não pude corrigir. :)

      • ally666
        05/07/2009

        Faz uma entrevista com ele?!

        Por favor plz plz plz plz plz plz!

        *Fazendo olhinhos do gato de botas do Shrek e imitando aqueles pirralhinhos que não saem do pé até comprarem o maldito brinquedo pra ele*

        http://www.baixaki.com.br/imagens/wpapers/shrek2_wp03800.jpg

  19. 05/07/2009

    Nostalgia máxima ativar !
    Esse jogo é um lixo!
    A entrevista salvou o “post” !
    Poderiam ter citada a nova animação “Lost Canvas” !

    • Rebeca
      05/07/2009

      Eu não citei a animação Lost Canvas pq eu nunca assisti, Bruno. xD

      Mas vou dar um jeito de ver, pois passa na época dos lindos-maravilhosos Shion de Áries e Dohko de Libra! \o/

      • 07/07/2009

        Procura aí que já publicaram,eu q sou defasadissimos nessas animações já vi ,os coroas dão show e o traço da nova desenhista esmaga o do Kurumada !

  20. Danilo
    05/07/2009

    Só pra lembrar q a primeira abertura era

    “os guardiões do universo hão de vencer o mal
    o seu destino é combater por um mundo ideaaaaaal
    Cavaleiros do zodíaco lutadores com poder astral
    se o inimigo é demoníaco sua luta é mortal
    Cavaleiros do zodíaco trazem dentro do seu coração
    a coragem de um vencedor e a vitória na canção”

    Inesquecível pra mim do anime era a proteção q pégasu tinha, acho q ele devia ser tipo uma imagem de idealização do kurumada, praticamente esgotou todos os sentidos (além do sétimo, norte, sul, etc) XD.
    Inacreditável tb que uma cruz de aparecida proteja o coração do Hyoga num golpe q o Ikki praticamente atrevessou o cara.

    • Rebeca
      05/07/2009

      Siiiimmm, essa foi a clássica primeira abertura brasileira de Cavaleiros na Manchete! Mas a que virou hino dos fãs mesmo é a “Tem sempre alguém no cosmos ajudando um cavaleiro a vencer…“. xD

  21. Diga
    05/07/2009

    Lembro que na minha infância (hoje tenho 26 anos) achei CDZ muito inovador. Eu espalhei a notícia do anime para todos os “amiguinhos”, dizendo: “Cara, tem um desenho muito legal. Tem SAAAAANGUE! Acredita? Desenho que tem sangue, cara!”

  22. Danilo
    05/07/2009

    “…os cavaleiros do zodíaco vem com armaduras de metal…
    e vc, de que signo é?”

    HUAHUHUAHUAHUAHU

  23. Lockon
    05/07/2009

    O.O lol tbm adorava CDZ… concerteza ele daria um MMO excelente uma empresa francesa ate ja tinha começado a desenvolver um mas cancelou o projeto sem mtas explicações =-(…

  24. Thiago
    05/07/2009

    Nossa mesmo eu sendo um pouco mais novo,me lembro de ver com o meu tio na manchete CDZ,nois brincava e ele era sempre o ikki e sempre me surrava,coisa q acho q acontece até hj mesmo nos não brincando mais xD
    Essa abertura do video ali é diferente da do jogo que eu tenho aqui em casa,a minha começa é em japones,mas o jogo é ingles coisa q eu nunca entendi ^^

  25. 05/07/2009

    Excelente Post! Eu, como super fã da série até hoje, sei do que a Rebeca está falando… :-P

    Abração ;-)

  26. Sérgio...¬¬
    05/07/2009

    Eu me lembro que quando o meu tio comprou esse jogo, eu passava horas e horas do meu domingo pra fechar o jogo(isso por que ele não deixava eu gravar o jogo, então eu tinha que fechar toda vez que eu ia jogar para poder usar todos os personagens…¬¬)

    Eu ficava muito triste se ele decidisse jogar Futebol a tarde inteira e não deixasse eu jogar nem uma luta épica entre o Shura e o Shiryu…

    Só que nem tudo foi perfeito naquela época…

    Eu estava jogando uma partida contra o meu irmão, quando de repente, ele consegue matar o meu bonequinho! Até aí tudo bem, só que o que ia acontecer mudaria a minha vida(exagero…¬¬).

    Não sei se alguém aí se lembra, mas, nesse jogo, da pra ressussitar o seu carinha, porem você devia, se não me engano, mexer o analógico esquerdo e apertar X bem rapido, aí a Athena te ressussitava.

    Só que eu estava em uma concentração pura naquela hora, e eu nen percebi o quão forte eu estava apertando essa sequencia, eu consegui ressussitar o meu carinha, só que o controle quebrou…¬¬

    Depois disso eu fiquei proibido de jogar no PS2 do meu tio por muito tempo…e eu ainda fiquei com trauma desse jogo…

    Agora que eu tenho o meu PS2 eu poderia mto bem comprar esse jogo, só que eu não quero um jogo quebra-joysticks…¬¬

    • Rebeca
      05/07/2009

      Meu Deus Sérgio, você foi com tanta fúria nos botões que quebrou o controle??? O____O hahahahh

      Eu citei isso no texto, de ter que apertar tudo freneticamente pra poder reviver o cavaleiro, quando aparecia a Atena. xD

  27. Gustavo Andrade
    05/07/2009

    Mesmo eu tendo pouca idade na época,e não tendo televisão, eu ainda lembro dos magnificos cavaleiros,eu dava um jeito de assistir na casa dos amigos, não pude assistir todos,mas a uns anos atrás quando a band reprisou,eu não perdi nenhum episodio,era o melhor desenho daquela época,que pena, bons tempos não voltam mais.
    Quanto ao jogo,eu perdi a paciência de tanto apanhar dos brilhantes especiais dos personagens,chega a ser uma coisa que vc comemora quando finalmente consegue derrotar seu inimigo,eita bagui dificil.

  28. 05/07/2009

    Sinceramente de cavaleiros a única coisa que eu gosto era ver o Saga espancando o Seiya ao som de “Morra verme !”

    • 05/07/2009

      e o dublador dele gosta de falar nas entrevistas q ele dá:
      “MORRA SEYA SEU VIADINHO! HIHIHIHEHAHEHA!”

  29. Thiago
    05/07/2009

    A minha irmã conseguiu a proeza de quebrar o analógico do controle também ^^

  30. Cristiano
    05/07/2009

    podem me chamar de tosco,mas eu amava aquele jogo

  31. Fabão Estácio
    05/07/2009

    auhauhauhauhaa muito bom o post, cdz tb marcou muito a minha infância, e o folego se renovou qnd começei a comprar o mangá, q a propósito, tem uma historia bem mais coesa e legal q o anime. lá o seya naum é tão fodão assim, meu personagem favorito era o shiryu e a luta q eu mais gosto é a dele contra o cavaleiro de cancêr, tb gosto muito do mangá da serie gold focada nos cavaleiros de ouro, o traço é muito bonito, já o Lost Canvas eu acho uma merda, um traço muito ridiculo.

    e lá vai frase mais dita do anime: MORRA SEYAAAAAAA!!!!!!

  32. Sobra'Z
    05/07/2009

    Rebeca… Como voce consegue tirar um foto sensual com os cavaleiros do zodiaco na mao?! xD

    Para falar verdade não sou muito de CDZ… Cá em portugal não ouve muito essa febre… As duas grandes febres que ouve cá foram o DBZ e o Pokémon… Foi com este ultimo que iniciei a minha vida gamer xD…

    • ally666
      05/07/2009

      Pior que eu nem fico tão surpreso.

      Há proezas que só a Bebs consegue fazer. Hehehe!

    • Rebeca
      05/07/2009

      Aff gente, que foto sensual o quê! ¬¬º
      heheheh

      Sobra, você não tem noção do quanto Cavaleiros foi febre aqui no Brasil, na segunda metade dos anos 90! Os outros animes (como DBZ e Pokémon, que também foram febre aqui) começaram a vir pro nosso mercado e fazer sucesso porque Cavaleiros abriu as portas. =)

  33. Thales
    05/07/2009

    Tinha um jogo idêntico a esse aí sobre a saga de Hades. Era divertido, mas também não era grande coisa.

  34. 05/07/2009

    Eu sempre via CDZ na Manchete, bons tempos aqueles, época em q tinham animes e desenhos animados bons na TV

  35. 05/07/2009

    Por aqui foi febre mesmo, mas nenhuma saga de Saint Seiya se compara – até hoje – à fase Santuário da Saga de Hades. Obra de arte, direção e roteiro.

    A receita básica desse e de outros animes do estilo – que consiste no herói que vai enfrentando um a um os capangas do grande vilão, encontra novos amigos na jornada, vai adquirindo novas habilidades e aumentando seu poder, para então enfrentar o grande vilão – foi criada por Hokuto no Ken, anime que estreou na TV japonesa em 1984 e até hoje é lenda por lá. Veja um trecho e descubra de onde vem os clichês de Saint Seiya xD

    http://www.megavideo.com/?v=ITPRHN71

    O detalhe é que não era clichê antes de ser copiado. Era algo inédito com situações inesperadas.

    Vale lembrar que foram 2 jogos para Playstation 2 e 1 para Famicom/NES.

    • Rebeca
      05/07/2009

      Hokuto no Ken = Fist of the North Star!

      Kenshiro! \o/

  36. 05/07/2009

    Ah, teve um pra Gameboy também.

  37. 05/07/2009

    Nossa(O.O) que matéria bem feita, parabéns Rebeca(^.^)
    sou fã de CDZ desde 1994, lembro que ná época os bonecos originais (da bandai) eram muito caros >_> e nunca pude compra-los quando “estavam na moda” (-.-) só consegui comprar bem depois, mas só consegui comprar 17 bonecos (os meus preferidos(^.^)) dentre eles um shiryu com armadura dourada(O.O).
    foi por causa dos CDZ que me interesei por desenho(^.^) e aí rebeca, ta acompanhando o Lost Canvas??

    e novamente parabéns pelo texto, está demais!

    • Rebeca
      05/07/2009

      Obrigada, Roberto!!! =D

      Eu amava Cavaleiros demais! E ficou tanto no coração, por ter marcado aquela época, que eu gosto até hoje, apesar de não ter a mesma magia que tinha antes (pois crescemos e começamos a perceber os clichês e etc hahaha). xD

      Então, eu nem tô acompanhando Lost Canvas. Não tô mais com paciência de ler mangá ou assistir anime que ainda não terminou, sabe? Quando é assim prefiro esperar completar.
      Aí tô na dúvida se me deixo levar e acompanho, ou se espero acabar (o que com certeza vai demorar hehe).

      E pra ser sincera não me empolgou muito, principalmente por causa do traço. É uma mulher que tá desenhando agora, né? Sei lá, um traço mais shoujo não combina com Cavaleiros, preferia o traço do Kurumada, mesmo sendo altamente tosco e desproporcional no mangá. E no anime eu gosto daquele traço clássico da série.

      Mas acho que depois vou pegar pra ver, pois tem o Shion de Áries e o Dohko de Libra entre os personagens principais! *__*

      • 06/07/2009

        é verdade, quem desenha o lost canvas é uma mulher, a Shiori Teshirogi. Mas ela manda bem no traço, mesmo sendo bem diferente do Kurumada. por falar em kurumada, vc sabia que ele desenha atualmente uma nova saga dos CDZ chamada Next Dimension? o ruim é que não tem uma regularidade boa>_> tipo, ele lança um novo capitúlo a cada 4/6 meses :(

        • Rebeca
          06/07/2009

          Também acho o traço dela bonito, mas não acho que combina com Cavaleiros. Que nem o traço daquele Episódio G, sabe? Acho feminino demais pra esse tipo de anime. xD

          E não sabia desse Next Dimension não! =O
          O Kurumada tá dando uma de Yoshiuki Sadamoto, que lança um volume novo de Evangelion a cada 10 milênios? ¬¬º heheheh
          Mas sabe Beto, essas fases novas de Cavaleiros nem me empolgam tanto, pra ser sincera. Aliás, animes desse estilo não me empolgam mais. Cavaleiros ficou no coração por causa da magia que ele tinha pra mim na época, daí eu gosto até hoje. Mas o resto… =/

          • Murilo
            06/07/2009

            É gente…( Rebeca e Roberto )

            Quanto a essas sagas novas, eu tive a oportunidade de ler Lost Canvas…emprestado, claro… o engraçado é que os cavaleiros do passado são a cara dos atuais ! não muda nada ( só os nomes…) rsrs

            já esse Next Dimension nem sabia que existia !! ..mas parece ser muito semelhante ao Lost Canvas, ou é impressão minha ??

            Mas na velocidade que essas sagas novas estão andando, acho que os nossos NETOS verão a conclusão disso aí…

            eu acho que o Kurumada ja ganhou tanto dinheiro com isso ae que nem esquenta mais…

            fui

          • Roberto Pace
            06/07/2009

            É verdade, nenhum anime me empolga atualmente como era na época dos CDZ :( realmente falta a “Magia” como vc falou. Ou será que nós que não estamos mais tão receptíveis a “magia” como estávamos quando éramos crianças?

            Atualmente eu só acompanho Lost Canvas, Fullmetal Alchemist, e Naruto.

          • Roberto Pace
            06/07/2009

            saiu errado antes:

            É verdade, nenhum anime me empolga atualmente como era na época dos CDZ realmente falta a “Magia” como vc falou. Ou será que nós que não estamos mais tão receptíveis a “magia” como estávamos quando éramos crianças?

            Atualmente eu só acompanho Lost Canvas, Fullmetal Alchemist, e Naruto.

          • Rebeca
            06/07/2009

            Não é nem questão de não estar receptível à magia, é questão de que isso se perde um pouco quando a gente cresce, naturalmente. Porque a magia vem justamente do olhar puro da criança, da sua espontaneidade. Quando a gente cresce, começamos a desenvolver o pensamento crítico, a analisar, ponderar, enxergar os clichês e tudo mais. Daí não tem a mesma graça que uma criança vê, da diversão pura e sem julgamentos. =)

          • Roberto Pace
            06/07/2009

            Nossa!(O.O)muito bonito. liberou seu lado “Poetisa” agora heim? rs

          • Rebeca
            06/07/2009

            Heheheh xD

            Mas não é verdade? A gente cresce e perde aquela inocência que faz enxergar tudo com magia. Por um lado é chato, mas por outro infelizmente é necessário pra sobrevivência no mundo selvagem dos adultos. (Altas filosofagens! hahahah)

          • Roberto Pace
            06/07/2009

            uahuahuahua. vc devia escrever um livro sobre “Filosofia Gamer/Otaku” ia vender quenem água :) .

            Mas é verdade mesmo, quando nos tornamos adultos perdemos 50% da capacidade de enxergar a “magia” das coisas! :( Bah, e as crianças de hoje querendo crescer antes da hora. nem sabem que depois essa fase da vida se torna apenas uma doce lembrança de uma época boa que não volta mais :(

            iiiiii, To Nostálgico hoje (O.O)

          • Rebeca
            06/07/2009

            O pior é que tem gente que perde mais da metade da capacidade de enxergar a magia das coisas. Sempre tem uns e outros que viram uns adultos amargos e sem graças, que a tudo enxergam com um olhar cheio de críticas duras… esses não jogam videogame! hahaha xD

            E vc falou tudo, Beto! A criançada hj tá precoce demais, mal sabem eles o quanto essa fase da vida faz falta depois… =)

            Se bem que o Ally também falou uma certa… há outras coisas boas da vida que a gente começa a desfrutar só depois de mais velho! heheh xD

            Off-topic: Beto… vc é o Roberto das tirinhas do GoLuck, né?! Gosto das suas tirinhas, sempre leio! Vou comentar lá! \o/

          • ally666
            06/07/2009

            [Poeta mode on]

            Quando somos crianças vivemos aquele mundo mágico, tudo parece ser perfeito, os desenhos que o diga! Lá vemos heróis que combatem o mau e estam sempre salvando o Mundo para nós. Quanta inocência! Mal imaginávamos o quanto o Mundo não era nada daquilo. Crescemos e vemos que temos que ser nossos próprios heróis para combater a malandragem do Mundo Real. Que está muito longe de acabar.

            Como era bom aquela inocência…coisas que não voltam mais!

            Mas no fim aprendemos a desfrutar das outras coisas boas da vida, se é que me entendem…hehehe!

          • Roberto Pace
            06/07/2009

            hehehe, verdade mesmo, tem coisas que vc só começa a desfrutar depois de adulto! >:)

            É sou eu mesmo, “O Roberto das tirinhas do Goluck” (^.^) que bom que vc gosta das minhas tiras, Obrigado :)

  38. 05/07/2009

    Parabéns pela matéria Rebeca(^.^) está demais.
    Foi CDZ que me fez gostar de desenho.
    e aí rebeca, ta acompanhando o Lost Canvas?

  39. Murilo
    05/07/2009

    MORRAAAA SEIYAAAAA
    EXPLOSÃO GALÁTICAAAAAAAAAA

    Embora eu seja do signo de virgem, Saga eh meu cavaleiro de ouro favorito XD

    Eu tbm assistia na Manchete..eu e meu “ermão”
    bons tempos…lembro que passava a tarde e a noite reprisava…
    quando eu nao ia pra escola, assistia a tarde e a noite…
    e bora voltar correndo da escola pra assistir CDZ…. kkkkkkk
    nossa…nenhuma preocupação….era só alegria, rs..

    bom, quanto ao post, vou começar a ler agora…depois se pah comento de novo…
    comecei pelos comentários, rsrs
    ( as vezes eu começo de tras pra frente = ou seja, dos comentários e depois leio a matéria….eheheh…doido…)

    • Rebeca
      05/07/2009

      lembro que passava a tarde e a noite reprisava…
      quando eu nao ia pra escola, assistia a tarde e a noite…
      e bora voltar correndo da escola pra assistir CDZ…. kkkkkkk
      nossa…nenhuma preocupação….era só alegria, rs..

      Exatamente, Murilo! Comigo era a mesma coisa! hahahahah

  40. 05/07/2009

    nem curto Cavaleiros do Zodiaco, mas vou comentar aqui por outro motivo

    “arroz virtual” mode [ON]

    Luiza ♥
    Rebecca ♥

    kkk :D

    • Rebeca
      05/07/2009

      Alho&Óleo só arrozando a Luiza Gottschalk e eu, né?! ;-P
      hahahahahh

      E meu nome é com um “C” só, rapaz! xD

  41. 05/07/2009

    Mas ninguém (acho) comentou da japinha que anunciava os desenhos na manchete… e também a diferença do q passava na manchete, com litros de sangue… e o comportado da band…

    e sim, nao sabia que a rebeca era gatinha assim nao! olha só ^^ =]

    e em abertura, a melhor era: “os guerdioes do univeeeerso hao de vencer o mal…” ou algo do tipo

  42. Helison Gomes
    05/07/2009

    Grande clássico, parabéns pela a matéria girlsofwar!
    obrigado por vcs existirem, continuem assim!

  43. José Carlos
    06/07/2009

    Cara, aquelas questoes ali em cima bete em tudo comigo, em fala nissomeu signo tb e virgem!!!,31 de agosto!!!!!!,eu tenho o jogo original (so muito fã da serie!!!),muito bom a materia!!!!

  44. Roberto
    06/07/2009

    esse jogo ai nao foi bom msm nao,mas o da saga de hades ficou mto doido tirando o fato d q tds os cavaleiros voam no game(q eu saiba no anime nem todos voam neh?)
    antigamente eu axava cdz xato,mas dpois q meu primo me mostrou a saga de hades,virei fa e li tds os mangas,e assisti tds os epis da serie,tenho os 2 jogos pra ps2 tbm,e assisti os 5 filmes,finalizando…cdz eh o melhor anime de tds!!!\../
    mto bom o post,vlw ;)

  45. 06/07/2009

    O que eu mais gosto desse jogo é que é possível jogar com os Cavaleiros de Aço!!! /o/

    ADOOOOOROOOOOO!!!

  46. Jonathan
    06/07/2009

    Uma das músicas de abertura no anime dublado era do Angra… foi daí que eu puxei gosto pelo power metal !!! \m/

    E eu joguei esse game do ps2, era até legal, + realmente era muuuuiito devagar… =P

    E esse vídeo despertou uma fúria dentro de mim… o Shaka lutou 800x mais T_T e o Dohko apanhou que nem um condenado…

    • Jonathan
      06/07/2009

      Faltou um pedaço: Eu ODIAVA tomar esse super especial, que derrotava de uma vez… muito roubado oO

    • Rebeca
      06/07/2009

      Essa versão cantada pelo Andra é recente, do relançamento do anime no Cartoon e Globo. Eles redublaram também, corrigindo alguns errinhos da dublagem antiga e melhorando o som. xD

      E o Shaka é lindo e poderoso!!! *___*

      • 06/07/2009

        Não seria Angra?
        Com o cantor das bolas espremidas!
        xD

        Bruna torres jogando Wii
        Só no:
        http://encanadorchapado.wordpress.com/

        • Rebeca
          06/07/2009

          Nossa, digitei Andra sem querer! heheheh xD

          ANGRA! \o/

          Eu gosto do Edu Falaschi. =D

          • 06/07/2009

            Mas esse Edu ae é da nova geração do Angra!
            Quem canta a música dos Cavaleiros é o André Matos, não?
            Ou será que estou enganado?

          • Rebeca
            06/07/2009

            Tá enganado, é o Edu Falaschi que canta a música dos Cavaleiros. ;-)

          • 07/07/2009

            Sério? Meu Deus acabou de estragar minha infância xD
            Sempre idolatrei o André pela música dos cavaleiros!

            Shit!

  47. 06/07/2009

    Hah, boa parte dos tópicos citados pela White Mage Bebs eu me enquadrava. Só não gostava de desenhar eles, pois era um traço muito sem graça. Correção: É um traço sme graça, pois parece que todos os personagens estão de perfil, alem de poder colocar qualquer cabelo neles, só o molde do rosto é igual. Que preguiça do Massami Kurumada, jesus…
    Eu tinha um boneco do Ikki, mas ele já se foi. Finalmente morreu xP. Falando em Hermes Barolli, recentemente eu ouvi um podcast do Animecast em que eles entrevistaram ele, e foi bem divertido. Quem se interessar pelo podcast, só clicar abaixo:
    http://animecast.info/animecast-55-meteoro-de-avracos/
    E falando em podcast, eu ouvi no Nowloading um podcast feito só para mostrar os jogos de cavaleiros, porem no fim dascontas serviu só de escrotizar a série mesmo, mas tambem ficou divertido pacas, olhem ai abaixo de novo:
    http://www.nowloading.com.br/round-47

    Os: Desculpem tanto merchan, mas acho que vale a pena divulgar isso, já que poucas pessoas aqui tem o bom habito de ouvir um podcast, heheh.

    • Rebeca
      06/07/2009

      Mesmo todos tendo o mesmo molde de rosto, eu os achava lindossss! *___*

      heheheh

      Mas cê já leu o mangá, Wesss? O traço no mangá é horroroso, toscão! No anime é bonito. \o/
      E o Kurumada é o rei da falta de criatividade! Pode observar que 99,7% dos animes dele tem um “Seiya” como protagonista. xDDD

      E valeu pelos links! Não tem problema o merchan não, os links se enquadram no assunto mesmo, uai! heheh

  48. 06/07/2009

    Noss… CDZ é o meu anime favorito! \o/

    Num tem pra ninguém… Só uma correçãozinha:
    “Você se chocou quando descobriu que na verdade o Mestre Ares (ou Saga de Gêmeos) não era verdadeiramente mal, ele estava sendo controlado pelo seu irmão gêmeo Kanon.”

    Kanon não controlava Saga em momento algum! O que é dito, é que Saga possui um lado bom e um lado ruim. Certo dia, Kanon acabou irritando Saga de tal maneira que dispertou seu lado maligno… Mas não o controlava! Kanon manipulou Poseidon e seus marinas!

    Mas o post ficou muito bom… Infelizmente CDZ não gerou tantos jogos como DBZ! =/
    E os jogos de CDZ são na maioria ruins… Os de Ps2 acho que são legaizinhos! Mas concordo com os pontos citados por você.

    E Hyoga e Aiolia são os mais fodas! ;)

    Você gosta do Shaka? =S
    A Barbie do Zodíaco… zuera! xD

    Fuii!!

    • Rebeca
      06/07/2009

      Pô P.A., a Barbie do Zodíaco era o Afrodite de Peixes! ahahaahah xD

      E é mesmooooo, o Kanon não controlava o Saga, ele tinha dupla personalidade e às vezes o lado mal tomava conta! Nossa, esqueci totalmente disso… acho que é pq eu fiquei na cabeça com a manipulação que o Kanon fez com o Poseidon mesmo. Valeu pelo toque, P.A.! Vou arrumar isso no texto! =D

      • 06/07/2009

        Ahh o Afrodite foi foda… AUEHAEUHAEUHAUHAEUHAEUA

        Lembro que qndo passou CDZ todo mundo esperando pra ver quem seria o 12º dourado, o último… Todo mundo esperando alguém mto foda!
        E aparece o Afrodite, de batonzinho e tudo… Putz foi uma surpresa e tanto! xD

        Mais foda que isso era ver o Saga tomando banho quase todos os episódios… ¬_¬
        Toda vez focava no cara peladão na banheira… :S

        Mesmo assim, CDZ é um anime mto foda, tanto que ainda continua lançando episódios! \o/

        • Rebeca
          06/07/2009

          Eu nunca tive reclamações quanto aos banhos do Saga… ;-D
          heheheh

          Mas tu lembra que no filme do Abel (acho que foi nesse mesmo) aparece o Afrodite tomando banho, se me lembro direito numa ilusão do Golpe Fantasma de Fênix, aí ele tá todo felizinho no laguinho e começa a ficar petrificado?

          Mas então, no começo do banho, quando ele tá todo alegrinho se olhando no reflexo da água, só falou colocar de fundo a musiquinha “Como uma deeeeusaaaa, você me mantéeeemmmm!“. hauahuahhauh xD

          • ally666
            06/07/2009

            Ahem…se fosse uma mulher tomando banho você iria reclamar e dizer que eles apelam pro Hentai ¬¬”

          • Rebeca
            07/07/2009

            Com certeza! hahaha

          • ally666
            07/07/2009

            Malandrinha! :P

  49. Mog of War
    06/07/2009

    Caraca, no meu aniversário de num sei quantos anos eu tive um pôster desse como “fundo de tela”
    no dia seguinte eu colei isso numa das paredes da minha casa e formei um fã clube!!
    durou um dia :S

    • Rebeca
      06/07/2009

      Que bonitinho seu avataaar! Um Moogle cosplayado de Kratos! hahahahah xD

  50. Roberto Pace
    06/07/2009

    Alguém sabe alguma coisa sobre um “RPG online dos CDZ ” que tava em desenvolvimento? Até rolou umas imagens e tal pela net, mas depois morreu o assunto :(

  51. Roberto Pace
    06/07/2009

    Rebeca:

    É sou eu mesmo, “O Roberto das tirinhas do Goluck” (^.^) que bom que vc gosta das minhas tiras, Obrigado

  52. Gui
    07/07/2009

    OMG!
    3 dias sem novas postagens das meninas…
    cade?
    to com SODADE

  53. Mog of War
    07/07/2009

    Pô cara a um tempo atrás eu tinha visto um RPG de cdz sendo produzido por fãs, acho que era francês, se não me engano. Estava muito bom! mas era curtinho… só a luta do Seya pela armadura de pégaso.
    Enfim, nem sei qual fim tomou. Vai ver irá ser igual a Chrono Trigger, quando estiver nos 99% a bandai vai barrar…

    • Mog of War
      07/07/2009

      A sim, obrigado Rebeca. Entrei no clima de War das girls XD

  54. Berin
    07/07/2009

    Não quero ser chato mais é um jogo que da pra curti com a galera sempre fui fã de CVZ mais no jogo esta certinho nos estilo do anime pq no anime os caras não luta muito e sim dão magia uma atrás da outra chute e soco é coisa rara no anime então fizeram certinho.

    • Rebeca
      07/07/2009

      Tranquilo, Berin! Gosto é gosto e cê tem todo direito de ter gostado do jogo. ;-)

      Agora, na minha opinião, tem como ser fiel ao anime, mas colocando um sistema de lutas menos arrastado e mais balanceado, justamente pra agradar vários tipos de jogadores. Nem todos tem paciência de toda vez ver as animações ao soltar os especiais e tudo mais, além de que games de luta pedem um leque de golpes mais abrangente e maior liberdade de ação. Mas enfim, é só uma opinião pessoal mesmo. xD

  55. ParKer
    07/07/2009

    caraca! voltei a ums 15 anos atraz na minha infancia T_T boms tempos aqueles… otima materia =D

    • aureliox
      07/07/2009

      Nem todos aqui tem 15 anos para voltar atras

  56. cascalx
    07/07/2009

    O post está fantástico porque para uma série tão velha foi uma que ficou para a história.

    Também queria saber se me podia dar uma ajudinha porque eu fiz um novo blog e queria saber se me podiam adicionar aos vocos links se sim obrigado se não obrigado também.

    underworldgamers.wordpress.com
    :)

  57. ParKer
    07/07/2009

    é…imagino que aqui muitas pessoas não tem 15 anos pra voltar xD

    PS: mijei de rir com a pergunta 8. HUSAHUSHUAHSUHAUSHUAHSUAHUSUA (é a mais pura verdade U_U )

    • Rebeca
      07/07/2009

      Pergunta 8?! Sobre a vontade de estrangular o Shun?! hahahah xD

  58. ParKer
    07/07/2009

    HUSUSHUHSUAHUSHA… vontade não me faltava pra isso(estrangular o Shun). mas foi a parte de todos se lascarem pelo Seiya ( o certo nen seria a torcida do flamengo e sim a população da China! ) e sempre esse infeliz ganhava fama…

    eu ficava muito puto quando as pessoas do desenho falavam ” Seiya e os outros” Ò_ó

    Shiryu Rulez =D

    • Rebeca
      07/07/2009

      Ah táaaaa, a oitava pergunta da entrevista! heheheh

      Mas não era??? Exatamente, os outros e a população da China! Assim é fácil salvar a humanidade… E realmente era sempre “Seiya e os outros”, como se ele segurasse a onda dos outros. ¬¬º
      hauahuahauahuh

      Mas é como o Hermes falou mesmo, culpa do Kurumada que só sabe criar protagonista assim! heheheh

  59. Mog of War
    08/07/2009

    A eu achei o jogo fiélzissímo ao anime/manga. Eles são superpoderosos, tanto em um quanto em outro, tanto que eles podem explodir um adversário com um golpe se um ou outro der mole. O jogo me passou essa sensação de “superpoderoso”, tanto os ataques sendo “travados” que se um dos jogadores(ou o computador) der um molezinho, bye bye HP.
    O ruim mesmo era a pouca variedade de golpes e o replay incessante das cenas dos golpes. Mas acho que mesmo a pouca variedade de golpes não torna o jogo ruim, vide o Naruto:ultimate ninja storm, apenas um botão para ataque o resto é fichinha XP

  60. 08/07/2009

    Parabéns Rebeca , gostei da entrevista q vc fez com o dublador do Seiya.

  61. Daniela
    08/07/2009

    Bacana essa blog, meninas falando de games xD

    Eu adoro CDZ até hoje, inclusive tenho assistido ao The Lost Canvas, muito bom, recomendo. Em breve devem estar lançando um game também.

  62. 08/07/2009

    @Bebs
    Eu li sim. Nossa, era feio às pressas, pelo que vejo. Eu desneho melhor que ele.

    • Rebeca
      08/07/2009

      Desenha melho que ele mesmo! xD

  63. 08/07/2009

    Excelente Post… tipo só não concordo muito com esse lance de os CDZ terem sido os responsáveis pelo sucesso de animes no Brasil… não sei se é pq eu sou um pouco mais velho e peguei o Speed Racer, O Pirata do Espaço, A Patrulha Estelar e o meu de comedia favorito da epoca: Dom Dracula. Mas, realmente assisti muito os CDZ na extinta Manchete, lembro-me na raiva q ficava qnd eles interromperam inumeras vezes a série na casa de Leão e voltava para o inicio… rsrsrsrs e falando sério… cavalerios pra mim só é legal até a saga de Asgard e olhe la… pq é sempre a mesma choradeira depois.
    Não cheguei nem perto dos Jgs… mas realmente isso os CDZ ficaram devendo… jgs q faziam Jus ao nome da série…

    Meus Preferidos: Kamus. Shaka e Doku

    Parabens pelo post
    See you 12 house!!

    • Rebeca
      08/07/2009

      Eu não disse responsáveis pelo sucesso, Krycov. Disse responsáveis pela “popularização” do animes no Brasil. E foi mesmo.

      Tiveram vários animes no Brasil antes deles, inclusive no final dos anos 70, se não me engano, teve uma fase de animes fazendo sucesso aqui, principalmente os do Osamu Tezuka. Mas mesmo assim ainda era um público mais restrito que assistia.

      Agora, a popularização geral mesmo, de animes virarem uma super febre, de toda a criançada e adolescentes assistirem, de sairem inúmeras publicações sobre animação japonesa, de até os pais saberem que aquilo que os filhos assistiam eram animes e entenderem que é desenho que vem do Japão… isso só ocorreu após a febre de CDZ! Então foi ele que abriu as portas pra super popularização dos animes no Brasil, que se estende até hoje. xD

    • Rebeca
      08/07/2009

      Shaka e Dohko são meus favoritos!

      Mas me amarro no Camus também! Ele soltando o “Execução Aurora” era demais!!!!!!!!! *_____*

      Obrigada por ter gostado do post. xD

  64. 13/07/2009

    Concordo com a Rebeca. O jogo é terrivel. Terrivel mesmo.
    Perfeito pra quem quer ganhar uns calos a mais nas mãos (eu joguei ele também).

    Eu também sou muito fã de Saint Seiya, e graças a esse anime é que eu pude me aprofundar mais no mundo otaku e nos games. Embora eu tenho vivido a epoca do revival CDZ (epoca em que ele foi redublado e exibido na Band) por ser mais nova que vocês, não deixa de encantar gerações o anime, e fazer a gente ficar com raiva do paga pau do Seiya.

    Aliás, eu também era super fã: comprei os boxes com os DVDs, mangás, bonecos (tenho dois daquela linha de luxo) e etc.

    Até hoje eu espero o relançamento da Saga G no Brasil por que é a história dos cavaleiros de ouro (embora muita gente não goste do traço do mangá), e não acompanho o Lost Canvas por falta de dinheiro presente para comprar o manga.

    Aliás, meu comentário ficou meio grande né? :(

    • Rebeca
      13/07/2009

      Que lindooo, Anne também é fã de CDZ, mesmo tendo conhecido a série a partir do “revival”! xD

      Assim como você eu tenho os boxes e os mangás da série regular e do “Episódio G” (ou “Saga G”), apesar de que não gostei muito desse último, confesso que comprei só por ser centrado nos Cavaleiros de Ouro. E o Lost Canvas talvez eu baixe uns episódios pra dar uma olhada, mas não me empolgou muito e não me deu vontade de comprar. =/

      E não se preocupe com o tamanho do comentário não, pode digitar o quanto quiser! xDDD

  65. 13/07/2009

    PS: Gosto do Aioros (do meu signo), Shura, Saga (ele é um doente mental, mas curto ele), Aioria, Radamanthys (melhor personagem da Saga de Hades), Kanon e o dos cavaleiros de bronze, o Ikki, sem dúvida, afinal é o anti-héroi mais style do anime (sofre por que perdeu o amor da vida dele pela as proprias mãos).

  66. Victor
    16/07/2009

    Rebeca (L) que dia caso com você? kkkkkkkkkkkkkkkk
    Mora em bsb, fã de CDZ e gamer… Putz, tem que pagar dote? hahaha
    Haa CDZ e games é mistura perfeita, mas você já jogou o outro game mais recente Saint Seiya: The Hades também pra PS2? Gostei bastante. Gráficos um pouco mais polidos, história e extras bacanas como os 3 de bronze com suas armaduras de ouro (Shyriu, Hyoga e MORRA SEIYA (Grande Gilberto Baroli) ;D
    Estou sonhando com um CDZ no Xbox 360, quem sabe… Se pegar o Lost Canvas, pode até ser. Pô fui em um Kodama que estava o antigo dublador do Mu de Áries que se desligou no final das dublagens e mais alguns foi muito bom, mas me desliguei um pouco dos eventos e estou por fora… :P
    PS: Como gostaria que Hironobu Kageyama tocasse em Brasília como tocou no Anime Friends esse ano kkkkkkkkk
    Forever Saint Seiya
    =*

    • Rebeca
      16/07/2009

      É só me pagar um dote simbólico de 20 milhões de reais e a gente fecha negócio! ;-)

      hahahahh

      Cê é daqui de Brasília também?! Que lindo! \o/
      Cara, esse Kodama que você foi que tinha o dublador do Mu de Áries foi um dos primeiros, lá no Sesc de Taguá, né?! Eu tava láaaa! Conversei com o dublador (Marcelo Campos, adoro eleeeee!) e até peguei autógrafo, apesar de eu odiar autógrafo. Prefiro foto, mas a porcaria da pilha da minha máquina morreu um pouco antes de eu ir tirar foto com os dubladores, então pedi autógrafo só pra compensar a falta de foto. ¬¬º
      Depois num outro Kodama eu tirei foto com o Tio Baroli! =D

      Mas também me desliguei dos eventos. Eu gostava do Kodama quando era lá no Sesc, depois que veio aqui pro Plano perdeu a graça pra mim. Sei lá pq, mas achava lá mais legal.

      E o único game de CDZ que joguei foi esse Chapter Sanctuary mesmo. =/

      Bjos!!!

  67. GRAY FOX
    16/07/2009

    Eu me lembro dessa febre:

    Eu assistia todos os dias, muitas lutas para ajustar a antena de TV para funcionar a Manchete.

    Tive o álbum de figurinhas, bonecos(action figure), assisti os filmes, tive o cd e até camiseta !!

    Não havia outro assunto da molecada na época.

  68. yan
    26/11/2009

    forteeeeeeeeeeee

  69. RicardolbSdA
    16/01/2010

    Baroli, um dos grandes, depois de briggs é claro.

  70. Mih
    09/10/2010

    Muito MARA a entrevista e o post,Bebs.Também sou SUPER fã do Hermes Baroli.Além dele ser um bonitão(ui,que calor XD),ele ficou MARA dublando o Seiya *O* Mas,eu ainda prefiro o Ikki,pq o Seiya é muito chorão ¬¬’

    “Você tinha vontade de estrangular o Shun toda vez que o ouvia dizer ‘Iiiiiikkiiiii, meu irmãaaaoooooo!’” OOOW,Bebs!!Coitado do Shunzinho[Tudo bem que ele é meio viado,mas eu amo o bichinho ^^]

  71. Matt
    24/12/2010

    oi eu não gostei da vós do saga poxa ele tem 25 anos a aparencia de 18 e ele divia ter 18 com a vóz do Gilberto não da certo fica parecendo que o saga é velho ainda mais que as vezes ele ta de cabelo branco (maligno) a a voz do kanon devia ser outra quando o saga apareceua para destruir o muro das lamentações eu fiquei achando que era o Kanon

    por mais do meu signo ser leão (aioria) meus cavaleiro preferidos são 4º Aioria 3ºCamus 2ºAiolos e em 1º lugar o saga de gemeos

    a e os jogos deviam dar para jogar com o saga do bem pois no hades ele ta de cabelo azul mas como espectro e se voce escolher a opção que mostra o Hyoga e termina com o saga ele aparece com a armadura de ouro as de cabelo branco e não de azul

  72. Kyarah
    08/04/2012

    So tem uma coisa que vc esqueceu sobe os fans que tinha tbm umas figurinhas da bala eu acho que era fegels sei la eu quase entrava em crise de abstinencia quando meu pai nao trazia um saco cheio. Meu caderno da escola era orrivel (ja que as figurinhas nao eran auto colantes) e minha mae me fazia reencapar o caderno toda semana, perde uma figurinha mesmo repetida era a morte era como perde um dedo e sem conta que eu fui para no hospital por conta do disco (na minha casa nao tokva cd era disco mesmo) que tenho ate hoje devidamente emoldurada na parede de minha sala e c nao bastace nao cresci com 24 aninhos estou fazendo uma verdadeira romaria pra completa a coleçao mas tudo bem. Obrigada e me desculpem pelo desabafo e paciencia (mas prefiro yuyu hacusho) valeu

    • Bebs
      09/04/2012

      Verdade, tinha as figurinhas! Acho que nunca consegui completar um álbum. xD

  73. Kyarah
    08/04/2012

    ta e desculpem a quantidade d erros de portugues eu deixei de estudar pra asistir DGZ.

  74. Kyarah
    31/05/2012

    oooo obrigada por responder fiquei feliz

  75. Klariel
    12/04/2013

    Adorei a entrevista! Parabens!

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.