Garry Schyman, compositor de BioShock e Dante’s Inferno

Tags: Bioshock, dante's inferno, Destroy All Humans!, Game music, Garry Schyman, portal

Hoje temos um convidado ilustre na nossa seção de entrevistas: Garry Schyman, o compositor das trilhas sonoras de BioShock, BioShock 2 e Dante’s Inferno, entre outros. Convoquei alguns amigos para participar enviando perguntas, foram eles: a Cláudia, o Prandas e o Alexei, e o Roberto. E o Moska e o Bruno editaram o áudio (obrigada, seus lindos!).

 

O ENTREVISTADO

Garry Schyman é compositor de trilhas sonoras para TV, filmes e games. Formado em composição musical pela University of Southern California, nos EUA, ao terminar o curso Garry imediatamente começou a compor para a televisão, criando as trilhas de séries como Magnum e The A-Team. Ele passou a trabalhar para filmes a partir da segunda metade dos anos 80 e para games a partir dos anos 90. Dentre seus trabalhos mais aclamados nos games estão as trilhas de Destroy All Humans, BioShock (série pela qual ganhou diversos prêmios) e Dante’s Inferno.

Sobre a entrevista, o áudio está em inglês mas segue abaixo o link para quem quiser baixar a tradução (texto em português que ficou enorme, mesmo eu tendo cortado muitas das gírias e partes irrelevantes). Basta clicar com o botão direito do mouse e escolher “salvar link como”.

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

TRADUÇÃO – Garry Schyman

 

PS: O Garry precisou sair cedo, no dia da entrevista, e ficou faltando uma pergunta para responder. Ele gentilmente mandou a resposta por email depois. A pergunta era sobre seus gostos musicais, segue o que ele disse:

“Minhas músicas favoritas… Eu diria que é música clássica, trilhas de filmes e jazz (particularmente Bill Evans) e um pouco de pop (mas não sou fã de hip-hop ou música country). Meu gosto por música pop é um pouco mais antigo, tipo Beatles, Joni Mitchell e U2. Eu gosto muito de escrever e produzir minhas próprias músicas pop, mas do que ouvir pop. Já ouviram a música que fiz para o “Video Dancing 2008” de Matt Harding? Acreditem ou não, vai ser o tema de uma nova série de um canal da TV japonesa! hahaha

Quanto a músicas clássicas que tenho ouvido, muito de Mahler ultimamente, já que ele é talvez meu compositor favorito. Eu poderia falar sobre ele por horas e estudar sua música regularmente. Adoro os compositores do século 20 incluindo Béla Bartok, Shostakovich, Prokofiev, Stravinsky, Copland, Lutoslawski, John Corigliano e muitos outros. Em relação a compositores de trilhas sonoras, sou muito fã de Bernard Herrmann, Jerry Goldsmith, Elmer Bernstein e especialmente John Williams.  Dos compositores para filmes contemporâneos gosto muito da música do meu amigo Tom Newman, assim como muitas das trilhas de James Newton Howard e James Horner. Um pouco da música de Elliot Goldenthal também faz muito bem!”

Bebs
Share on Tumblr
Feed do Post
30 Comentários em "Garry Schyman, compositor de BioShock e Dante’s Inferno"
  1. Black lucas eu amo a vivi
    28/03/2010

    meu deus as garotas da qui sao FODAS MAIS FODAS QU EU DROGA BEM LEGAL A ENTREVISTA E EU AMO A VIVI E A BRUNA TORRES HUAHAHHA

    • PH!
      28/03/2010

      Não deve ser muito dificil ser mais foda q vc…

      Já perguntei isso, mas… vc é parente do Didier, né?

  2. 28/03/2010

    Olá Galera!

    Fiquei 4 dias editando a entrevista e a Bébs 5 transcrevendo pq Garry ele fala muuuuuuuuito! A Bébs até virou Zumbi de tanto que escreveu. hehe

    Abraço

    • Sovereign
      28/03/2010

      Isso percebi, fui ler a entrevista traduzida, mas depois que vi a biblia, mudei de ideia hehe. Quando tiver tempo leio, no momento so ouvirei, apesar que ingles falado nao entendo praticamente nada.
      Mas good job GOW e parceiros =)

      • PH!
        28/03/2010

        Pensei q era só eu q tinha esse problema… inglês escrito até encaro (aprendi nos jogos e filmes legendados, nunca me animei pra fazer curso), mas ingles falado parece grego pra mim! Tem q ser beeeeem devagar….

  3. 28/03/2010

    Minhas perguntas foram as melhores. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Sério: EPIC WIN!

  4. 28/03/2010

    Sensacional a entrevista. Estão de parabéns.

  5. PH!
    28/03/2010

    Puts, muito grande! Ainda não terminei de ler, mas desde já, parabéns proceis, o trabalho tá legal! (Qtos participaram na “produção” dessa entrevista?)

  6. 28/03/2010

    É impressão minha ou Garry Schyman é gago ???

  7. eduardo
    28/03/2010

    muito bom !
    quanto trabalho tu teve com esse post transcrever essa entrevista e traduzi-la deve ter da muito muito “muiiiiiiiiiitooo” trabalho mesmo fazer essa entrevista e mais ainda publica-la ainda bem que tu teve ajuda !

  8. 28/03/2010

    Orgulho da minha filhinha! Ficou show! ^^

  9. Black lucas eu amo a vivi
    28/03/2010

    i love vivi legal muito legal mesmo a entrevista mais seria legal vcs colocarem a legenda la em baixo do video

  10. georges
    28/03/2010

    Acho q todo mundo ja disse isso mas eu vou falar tbm.
    Vcs sao muito foda!
    Esse cara eh muito loko, as composiçoes dele sao muito boas.

  11. rafaelx1bm2
    28/03/2010

    Bebs: como q vc consegue todas essas entrevistas ?

  12. 28/03/2010

    Bebs, excelente entrevista, nem percebi o tempo passando. ( e eu tenho um tarbalho de 30 paginas p/ entregar amanhã.)
    Imagino o tempo que vocês levaram para traduzir e transcrever.

    Fiquei imaginando quando ele iria citar Gyorgy Ligeti : D

    • 29/03/2010

      hAhaAHA, Gostei. É melhor patentear logo XD.

      Peguei um cd do Ligeti para irritar uma namorada que pedia para abaixar o som quando tocava Requiem em “2001: Uma Odisseia no Espaço” (a cena em que eles descobrem o e acabei gostando.

      Sei como é transcrição (mentira. Pedi para outra pessoa fazer na metade), é uma daquelas tarefas que parecem não acabar nunca.

      Novamente, parabéns pelo trabalho, agora vocês podem descansar os dedos em água morna. : )

  13. Raphael Franck
    28/03/2010

    Ahhh, sim foi por causa do Garry Schyman que reduzimos nosso tempo de jogatina em GoW III. ¬¬
    Brincadeiras a parte. Parabéns Girls of War por mais uma entrevista fodástica.

  14. Ally
    29/03/2010

    Nossa! Bebs e suas espetaculares entrevistas! Hehe! Essa foi muito boa, parabéns!
    Sem falar no tempo que você deve ter gastado pra fazer a transcrição (que por sinal, me ajudou muito a entender a conversa…quando estou apenas ouvindo em inglês me fogem muitas palavras hehe!) e a tradução.

    Mas tenho que comentar uma coisa:
    Como você fala inglês tão bonitinho! xD

    E alias…falando em você falar(?) bonitinho eu ainda estou esperando você achar o CD das musiquinhas felizes que você me prometeu a mêses atráz. u.u’
    (PS: É, você não deve mais se lembrar, mas eu me lembro!)

    • Abraão
      30/03/2010

      Já que é dia de cobrar coisas…
      Cade meu DVD do Daft Punk -qqqqq
      kkkk sem pressão -n

  15. Thyago
    29/03/2010

    Assim que eu chegar em casa mais tarde eu escuto a entrevista ^^.
    Mas logo pelos comentários, já vimos que chegou um novo freguês. Que bom, meu canhão anti-robert tava jutando poeira já.

  16. yanpaulo
    29/03/2010

    Na verdade, só conheço o Dante’s Inferno por causa do “Pulse”, tipo uma série que tem na PSN.
    Assim que eu arranjar um maledeto de um fone de ouvido vejo essa entrevista, mesmo assim.
    Sem spoiler, pois pode ser que eu jogue algum dia, certo?

    Aliás, não ouvi a entrevista com o dublador do Otacon porque me disseram que tinha spoiler do 4 :S

    Confere isso?

  17. 29/03/2010

    Meu inglês de ouvido é fraquissimo rsrs… mas lendo a transcrição em inglês/ouvindo ao mesmo tempo foi tranquilo.

    Apavorou… parabéns aos envolvidos na elaboração das perguntas e à Rebecca com seu charme infalivel para boas entrevistas.

    Pessoalmente sou um leigaço no assunto musica classica em geral rs – coro, orquestra, etc; Mas a coisa se torna interessante vendo que o desenvolvimento de games se tornou uma obra de arte completa, desde o visual até o envolvimento de compositores desse nivel pra criar o clima imersivo na hora certa.

  18. Siri
    30/03/2010

    Rebeca, você gosta de praticar esportes, gosta de games, gosta de música, gosta de tocar violino…

    Gostaria de se casar comigo também? xD

    A entrevista ficou muito *oda!
    Me senti ouvindo o áudio de algum canal gringo de games, como o G4.

    Awsome!
    Parabéns!

  19. yanpaulo
    30/03/2010

    xD
    Pois tá bom, vou ouvir a do Otacon também.
    Mas olhe láaaa hein? : D

  20. Renan Rodrigues
    05/04/2010

    Muito legal a entrevista Bebs!
    Como sempre, você f*dástica!
    E já que falaram do Cd de musiquinhas felizes, e o GowCast? Quando sai o próximo?

  21. 06/04/2010

    […] Games , dublagem , Games musicais e Outros jogos musicais. E também matérias específicas como a Entrevista com o compositor de Bioshock(1 e 2) e Dante’s Inferno e Lady Gaga e os videogames. […]

  22. 13/08/2010

    […] PS: Ah! Amantes de BioShock que conheceram o blog há pouco tempo, saibam que nós já entrevistamos o compositor das trilhas sonoras da série, Garry Schyman. Se quiserem conferir, sigam o link: AQUI. […]

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.