Entrevista com Roger C. Smith, Chris Redfield em RE5

Tags: chris redfield, dublagem, Entrevista, RE5, Resident Evil, Roger Craig Smith

CHRIS

Qualquer um que tenha tido o menor contato com a série Resident Evil sabe que Chris Redfield é um de seus protagonistas. O cara está presente desde o primeiro jogo, no qual começou como um simples policial do departamento de polícia de Raccoon City, investigando o mistério de uma tenebrosa mansão no meio da floresta nos arredores da cidade. Após descobrir a verdade sobre os experimentos da Corporação Umbrella, persegui-la e destruí-la (com uma “ajudinha crucial” por detrás dos panos rsrs), Chris volta em RE5 em grande estilo, como agente da BSAA (organização criada pelo governo americano, junto da ONU e do Consórcio Farmacêutico Global, para combater ameaças biológicas das mais perigosas pelo mundo). Mais sarado do que nunca, também mais maduro e experiente, o personagem ganhou de vez o respeito da ala masculina e virou “arrancador oficial de suspiros” da ala feminina, que considera a voz um de seus atributos mais “sexy”.

ROGER

A entrevista de hoje é com o responsável pela voz de Chris, o ator Roger Craig Smith. O americano, que é um doce de pessoa e tem larga experiência em dublagem de games, conversou com o GoW e o resultado vocês conferem abaixo.

ENTREVISTA

1 – Você era gamer antes de se envolver com dublagem de games? Se sim, que tipo de jogos gostava/gosta de jogar?

Sim! Eu amo videogames, então fazer parte do mundo dos games como dublador é incrível. Sempre fui fã dos “first person shooters”, jogos de corrida e puzzle games. Sou péssimo nos jogos de esporte, então nunca fui tão doido por jogá-los. Mas me dê algo pra explodir e eu fico feliz! Então, é mais FPS pra mim.

Pausa para um Bebs-Comentário: “Me dê algo pra explodir e eu fico feliz!”… Vivi, esse é dos seus!

2 – Conte-nos um pouco sobre seu background profissional e como entrou para o mundo da dublagem.

Eu comecei fazendo stand-up comedy. Tentei isso enquanto freqüentava a faculdade e realmente aproveitei. Tenho um super respeito por grandes comediantes. É uma indústria difícil e um jeito duro de ganhar a vida. A comédia stand-up meio que me direcionou pra dublagem, depois que alguém me sugeriu dar uma olhada nisso como possível escolha de carreira. Fiz algumas aulas de dublagem, aí comecei a bater perna na minha área local a procura de serviços, pra arranjar um pouco de trabalho. Isso abriu a porta pra mais trabalho em Los Angeles e eventualmente representação com um agente. A partir daí, foi só uma questão de sair fazendo testes que nem doido e tentar fazer minha voz ser ouvida. Eu sou muito sortudo que tudo funcionou como foi.

3 – Você dubla desenhos, certo? Há quaisquer diferenças entre dublagem de desenhos e dublagem de games?

Dublagem de desenhos e dublagem de games podem ser bem similares, mas tudo depende do projeto. Dublar uma série animada geralmente significa que ela foi originalmente feita em outra língua, o que tem um conjunto único de desafios. Principalmente, o desafio de fazer as falas em inglês encaixarem nas falas da língua original cai nas mãos dos escritores. Mas, mesmo quando os escritores terminam de traduzir e adaptar o roteiro pro inglês, quando entramos na cabine pra gravar às vezes as falas precisam ser um pouquinho alteradas pra encaixar na animação. É a mesma coisa se estou dublando um game. Ainda bem que, com RE5, a dublagem estava substituindo performances feitas por atores de motion capture em inglês, então não foi tão difícil fazer tudo se encaixar.

4 – Como foi o processo de seleção para a série RE?

O processo de seleção foi rápido! Eu recebi um telefonema, fui convidado a ir ao escritório onde as gravações estavam acontecendo, interpretei em alto e bom som pros caras responsáveis e foi isso! Foi meio que uma surpresa pra mim a rapidez do processo. Eu nem sabia direito qual era o projeto na época em que estava fazendo o teste, então só ficou esclarecido que eu estava envolvido num game muito grande quando eles começaram a marcar todas as datas em que precisariam de mim pras sessões de gravação! Foi bem surreal…

5 – Você teve algum contato prévio com a série Resident Evil, antes de trabalhar nela?

Eu não quero irritar os fãs de RE por aí, mas eu não tive muita exposição ao mundo de RE até conseguir o papel da voz de Chris. Tinha jogado um pouco de RE4, mas não fui muito exposto ao enredo. Assim que consegui o papel em Degeneration em combinação com o papel em RE5, comecei a me envolver mais com a história…

6 – Seu personagem, Chris, o que você pensa dele? Vocês compartilham similaridades, em termos de personalidade?

Chris é um cara “maneiro”. Eu não sou “maneiro”. Sou um pouco desengonçado, então não somos muito similares nesse aspecto. Mas foi ótimo poder ATUAR como se eu fosse “maneiro” e fosse capaz de matar zumbis. Porque, na vida real, se zumbis estivessem vindo pra cima de mim, eu estaria correndo pro lado contrário, gritando como uma garotinha e provavelmente chorando. E mais, Chris parece ter estado freqüentando a academia um pouco excessivamente e somos bem diferentes nesse aspecto também.

7 – Os games da série RE são notórios por seus diálogos cheios de clichês, às vezes bem engraçados. O que você pensa disso?

Eu acho hilário! Eu me divirto com algumas das falas. Após jogar o game, amo o fato de que Chris e Sheva estão constantemente questionando as coisas. “O que poderia ter causado isso?” ou “O que diabos aconteceu aqui?”. Tão engraçado. Eles estiveram matando aranhas gigantes, civis infectados, coisas gigantes parecidas com escorpiões, cachorros de duas cabeças… e eles tem de perguntar “O que poderia ter causado isso?”. Eu adoro! É tudo parte do que faz RE uma franquia tão grande. É entretenimento até o final.

8 – Alguém na sua família ou grupo de amigos é fã da série RE? Como eles lidam com o fato de que você é o dublador de Chris? Eles te pedem, aleatoriamente, para falar na voz dele?

Minha irmã era uma grande fã de RE4 e ela ficou empolgadona quando consegui o papel de Chris em RE5. A maioria dos meus amigos e família mantém meu pé bem no chão quanto a essas coisas. Tenho um ótimo grupo de amigos que se diverte me ouvindo nos games, mas a mim nunca seria permitido desenvolver um ego sobre isso. Ainda sou o desengonçado que eles conhecem do ensino médio e isso nunca vai mudar. Minha namorada fica arrepiada quando falo como Chris e ela é uma grande fã de RE. Quando jogamos o game juntos, é muito estranho. Nós quase esquecemos que é minha voz no game, até que eu fico apertando o botão “b” e fazendo o Chris dizer “Come on!” repetidamente. Eu nunca me canso disso!

9 – Podemos esperar ouvir mais da voz do Chris num futuro próximo? Ou você está envolvido em qualquer outro projeto de videogame que possa nos contar?

Sabe, eu acho que há coisas realmente legais chegando em breve, mas não sei sobre o que posso falar. Tenho certeza que os fãs ficarão satisfeitos, posso te dizer isso, mas em termos de detalhes meus lábios estão selados. Continuem passando pelo meu site e vou estar atualizando meu currículo assim que tiver confirmação das companhias sobre quando poderei adicionar papéis ou anúncios.

10 – Você fez algum trabalho de dublagem para Metal Gear Solid 4, certo? Chegou a conhecer os outros atores como David Hayter ou Christopher Randolph? Como foi a experiência?

Eu trabalhei mesmo em MGS4, mas foi mais trabalho solo. Eu gostaria de ter conhecido os outros atores, mas não tivemos muita oportunidade de trabalhar juntos. Apesar disso, MGS4 foi uma grande experiência! Adorei trabalhar em todas as sessões e foi uma experiência desafiadora, mas altamente recompensadora. Aquele jogo é um Juggernaut!

Obs da tradução:  Quando Roger fala que MGS4 é um “Juggernaut”, ele quer dizer que é um jogo de peso. Lembram daquele personagem Juggernaut de X-Men? Pois então, é por aí. heheh

11 – Você acha que um aumento na qualidade da dublagem de games tem o potencial de trazer mais credibilidade à mídia?

ABSOLUTAMENTE! É ótimo ver que mais companhias de games estão tomando tempo pra conseguir performances de qualidade, contratando pros seus projetos talentos vocais profissionais e com experiência. Isso realmente melhora a experiência geral do game e os fãs notam. Os games estão ficando insanamente realistas em termos de gráficos, então acho muito importante que as performances vocais não depreciem a natureza realista da jogabilidade. Acho que a indústria interativa tem ganho mais credibilidade e é ótimo ver as companhias de games adicionando mais importância às performances vocais dos seus personagens.

12 – Você acha que há uma tendência no crescimento do número de pessoas se tornando gamers, hoje em dia e nos próximos anos? Por quê?

Os videogames estão oferecendo muito mais do que ofereciam no passado. A experiência de se jogar um game está ficando tão gratificante agora. Conteúdos pra download estão permitindo que a experiência seja prolongada, então seu dinheiro realmente está valendo com esses games. Filmes são uma ótima fuga e uma experiência incrível, mas você tem talvez umas duas horas de divertimento e é isso. Um videogame pode efetivamente te dar uma infinita quantidade de jogo. Já que há tantos tipos de consoles e jogos pra escolher, mais e mais pessoas que previamente não eram gamers estão se vendo imersas no mundo do videogame. Acho isso incrível.

13 – Há algum papel, seja em atuação ou dublagem, que você gostaria de ter interpretado, ou queira interpretar no futuro?

Sabe, interpretar o Chris tem sido demais! Ser a voz principal em quaisquer projetos é uma grande honra. Então, é como um sonho que virou realidade pra mim! Não sei o que o futuro vai trazer, mas ficarei feliz apenas continuando a trabalhar! Papéis pequenos, papéis grandes… ficarei maravilhado em pegar qualquer um!

14 – Você já esteve no nosso país? Se sim, o que achou? Se não, gostaria de visitar algum dia?

Eu nunca estive aí! Adoraria viajar mais, apesar disso! Então, tomara, algum dia eu possa me encontrar aí no Brasil, conhecendo as Garotas da Guerra em pessoa!

Roger, nós do GoW agradecemos por sua colaboração, você é uma simpatia! ;-)

**********

É pessoal, Chris Redfield parece andar meio intrigado sobre o “quão legais” são as Garotas da Guerra…

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tradução da mensagem:

Hey, aqui é o Chris Redfield. Mais e mais eu me encontro imaginando o quão legais são as Garotas da Guerra. Talvez um dia eu descobrirei. Até lá, vou apenas continuar lendo o blog delas.

Bebs
Share on Tumblr
Feed do Post
40 Comentários em "Entrevista com Roger C. Smith, Chris Redfield em RE5"
  1. 08/08/2009

    Simpatia em pessoa e excelente profissional!!!!!
    Thanx, Roger!!!!
    \o/

    • Rebeca
      09/08/2009

      Ele é demais, né? Adorooo quando os caras dão respostas longas e são super simpáticos!!! *__*

  2. 09/08/2009

    ótima entrevista Rebeca! sua discipula tem orgulho de você!

    e ele é muito simpático e ótimo dublador !(sim, eu acabei de plagiar o comentário da Clá, sorry)

    @Mestra Bebs
    se algum dia o Roger for conhecer vocês *voz de criança* me leva junto? *-*

    • Rebeca
      09/08/2009

      Mas é claaaarooo que eu te levo, minha pequena discipulinha orgulho da mestra! ^___^

  3. 09/08/2009

    Roger, thanks for answering the interview! It was awsome! and you should come to Brasil someday!

  4. 09/08/2009

    Eu já falei o quanto amei essa entrevista, né? E quanto eu amo o Roger. O cara é talentoso pra caramba e ainda é gente fina. TUUUUDO que a gente precisa quando quer entrevistar um dublador :P

    Parabéns garotas, ficou SHOW \o/ e está divulgadinho no REVIL ;)

    • Rebeca
      09/08/2009

      Valeu pela divulgação, Bru!!!!!!! \o/

  5. 09/08/2009

    Aêê Gow’s!
    Sempre com entrevistas exclusivas e ótimas.

    Muito elgal a entrevista, assim como a Bebs, gosto de respostas grandes desde que elas sejam explicativas.

    E já que a Alice pediu pra mestra dela, eu peço para a minha.

    Mestra Vivi, *olhos do gato de botas e voz de criança* se algum dia você for conhecê-lo você me leva?

    • aureliox
      09/08/2009

      No dia em que você tiver cogumelos encolhedores – como a Alice tem – para poder ficar minúsculo e ser levado na necessaire da Bebs, acho que não tem problema.

    • 09/08/2009

      claro q sim! não se esqueça q vc é o Tamagoshi da Irmandade! :D

      • Rebeca
        09/08/2009

        Tamagoshi?! Então ele é um bichinho irritante que a gente tem que alimentar?! hauhauahuahauhah xD

      • 09/08/2009

        Tamagoshi?! Então eu sou um bichinho irritante que a gente tem que alimentar?!

        *olhos lacrimeja,* :(

        • Rebeca
          09/08/2009

          Foi a Vivi quem falou! hahaha xD

          • 09/08/2009

            :'(

            Magoei…

            buáááaááááá

          • Ally
            09/08/2009

            Tamagoshi!
            HAUhauhUAhuAHuaHuAHuAHuAHuAHUahU
            *pausa pra respirar*
            hEUHeuHEuHEUhEUhUEhUEHuEHuEHueHU

            De “bebê” pra “mascote” e agora “tamagoshi”. Ainda viverei para ver o Renan sendo reduzido a uma AMEBA. Hahaha!

          • 10/08/2009

            E o pior é que é minha própria mestra que diz isso!

            Enquanto algumas Gow”s falam que eu fiz ela ganhar o seu dia, simplesmente falando que ela me lembra a Vanessa Ferlito, a minha própria mestra me esculacha desse jeito.

            Quer saber? Vou trocar de mestra. Só não sei para qual.

  6. Roberto Pace
    09/08/2009

    Nossa! muito bacana essa entrevista:)

    Parabéns, Rebeca. (^.^) como sempre mandou muito bem!

  7. helison gomes
    09/08/2009

    grande entrevista, valeu!

  8. lucas cubas
    09/08/2009

    Eu num frequento muito o GoW mas como vcs conseguem entrevistas com esses dubladores

    • aureliox
      09/08/2009

      Acho que é mandinga MUHAHUAHUA

  9. aureliox
    09/08/2009

    “Chris é um cara ‘maneiro’. Eu não sou ‘maneiro'”.

    HUHAUHAUHAUAHUA Achei isso ótimo. O cara é humilde! Se alguém perguntar pro Stallone se ele é parecido com o Rambo, será que ele diz algo semelhante?

    Super entrevista em Bebs, com o próprio! \o/
    Parabéns GoWs

    • Rebeca
      09/08/2009

      Eu tb achei mto bonitinho ele todo humilde ao se comparar com o Chris! hahahahahh
      E eu escolhi a gíria “maneiro” pra tradução pq foi bem o sentido que ele quis dar mesmo. xD

  10. 09/08/2009

    Adorei esse menino!!!! rss

  11. rafaelx1bm2
    09/08/2009

    rebeca: a nossa entrevistadora favorita cada vez mais nos surprendendo

    Felis dia dos pais para todos !!!

  12. 09/08/2009

    AMAY a entrevista! *__*
    Ele foi tão legal, simpático… Aíaí..
    Roger <3

    Meninas, vocês estão de parabéns mais uma vez!
    A qualidade como sempre é um ponto forte nas matérias de vocês.

    Se me permitem, a entrevista foi divulgada no Portal CT-FYFRE.

    Continuem com o ótimo trabalho!
    Beijos!

  13. 09/08/2009

    Ótima entrevista Rebeca,a Capcom tem uma parada legal de manter os dubladores para uso em jogos diferentes,por exemplo:o cara que dubla o Frank do Dead Rising é também quem dubla o Credo do dmc 4 e por aí vai.

  14. 09/08/2009

    Coitado dele, ele se acha um loser :/
    Mas é muito simpático mesmo!
    Parabéns pela a entrevista Rebeca! Arrasou como sempre!
    Eu ainda quero ver uma entrevista do Daniel Southworth aqui :P

    • Rebeca
      09/08/2009

      Nossa, o Dan é um dos que a gente mais queria entrevistar, Anne! Além do Dan ser demais, o Vergil é meu personagem favorito. xD
      Mas é difícil achar contato dele… T___T

      • 09/08/2009

        Duas! Eu também gosto mais do Vergil que o Dante. *-*

        Até lá, a gente fica feliz com as entrevistas que você consegue trazer!! XD

  15. 09/08/2009

    Bem legal a entrevista.

  16. Shadow Warrior
    09/08/2009

    Deve ter sido muito difícil conseguir esta entrevista…
    O Chris tem uma legião de fãs (composta de zumbis e mulheres histéricas) que não largam o pé dele.
    Fico imaginando o Chris correndo e atirando para todos os lados e a Bebs correndo atrás dele, desviando dos tiros, zumbis famintos e explosões de barris acidentais com um microfone numa das mãos e a faquinha de plástico na outra XD.

    • Rebeca
      09/08/2009

      Foi bem por aí mesmo, Shadow! hauahuahuahauhh

  17. Ally
    09/08/2009

    Parabéns por mais uma ótima entrevista, Bebs! Rumo ao Maledeto e a Shigeru Miyamoto! Dentre outros figurões do mundo dos Games…

    Poxa o cara é muito gente boa mesmo! Incrivel a humildade dele ao se comparar com o Chris. Além de dizer: “Ainda sou o desengonçado que eles conhecem do ensino médio e isso nunca vai mudar”. O cara realmente é muito humilde, o tipo de pessoa que dificilmente vemos hoje em dia.

    Por falar nisso:
    “Porque, na vida real, se zumbis estivessem vindo pra cima de mim, eu estaria correndo pro lado contrário, gritando como uma garotinha e provavelmente chorando.”

    Haja sinceridade! Mas ele se esqueceu de uma coisa: Não precisa se preocupar com zumbis, há várias maneiras de se livrar deles:

    *Uma pistola com 9 balas e uma boa mira é tudo que você precisa pra sobreviver a um ataque de um vilarejo inteiro de zumbis.

    *Se você tiver o mp3 do Thiller no seu MPX, celular ou mesmo se você estiver andando com um rádio toca-fitas é só botar pra tocar e dançar com os zumbis. Ao final da música eles voltarão normalmente para suas covas.

    *Uma outra opção é correr para um jardim com flores…

    • Shadow Warrior
      09/08/2009

      Faltou um modo de se livra dos zumbis:
      Se vc não tiver o MP3 do thriller serve o do Golimar mar mar mar…é só botar pra tocar e dançar com os zumbis. Ao final da música eles estarão totalmente dilacerados pelo esforço de acompanhar o ritmo frenético da musica. Tem um efeito colateral para quem tem problemas cardíacos XD.

      • Theta
        10/08/2009

        hauahuahauhauahauha Gostei dessa idéia do mp3! xD

        Não acredito! Intrevista muito fóda!! \o/
        Parabéns GoW’s!!

        Tentem conseguir uma com o David Hayter! Sou fã da voz do Snake! xD

        Hey povo! Já que o blog é sobre jogos, gostaria de postar o link do meu blog. Can i, please?

        Postei uma matéria sobre Halo que os fãs vão gostar. Não vi ninguém comentar sobre o assunto, por isso eu mesmo fiz questão de informar no blog. Espero que gostem.

        Talvez o próprio link já informe né. xD

        http://meupastelmaisbarato.wordpress.com/2009/08/10/filme-de-halo-esta-chegandooooo/

        Virei fã de Halo e fiquei emocionado quando fiquei sabendo disso. (T_T)

        • Theta
          10/08/2009

          obs: no começo do meu post: “Intrevista” é osso… Quiz dizer Entrevista. xD

  18. 10/08/2009

    uIA, TAVA SUMIDO DO SITE, QUEFODA ISSO!!!
    Poxa Bebs, mais uma materia com o seu padrão de qualidade. Parabens mesmo, ele é um ótimo profissional de fato.

  19. Seyfertt
    10/08/2009

    Muito boa a entrevista :P
    Cool!

  20. 21/08/2009

    Man, I wish I could read and understand Portuguese! Thanks for asking me to participate, GOW! Great job, Rebeca!

  21. 30/05/2010

    […] Entrevista com Roger C. Smith, Chris Redfield em RE5 […]

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.