O adeus do Dragonborn

Tags: Bethesda, Dragonborn, Skyrim

skyrimend600

GENTE! Muitas horas de imersão depois, a Bethesda enfim disse adeus a Elder Scrolls: Skyrim. Para muitos, um jogo superestimado que não merecia o título de marco da geração, mas para outros uma viagem épica a terra dos nórdicos e seu imenso orgulho de ser e estar. Recentemente, a empresa avisou a todos que estava seguindo em frente e entregando seu filho ao mundo (lê-se na mão dos modders) para trabalhar em um novo projeto. Isto tornou iminente o lançamento de Skyrim: Legendary, edição especial com os três DLCs originais Dawnguard, Hearthfire e Dragonborn.

Além disso, tem aquela corrigidinha básica nas câmeras de combate, combate montado, novo modo de dificuldade e um polêmico sistema de habilidade reformulado aonde suas técnicas podem evoluir ao infinito e além. Para quem assim como eu, sentiu aquele cheirinho de nova action figure na estante, a decepção: A edição deve ser só isso. Só o jogo e as expansões que todo mundo já tem. O preço para isso deve ficar em torno de US$59.99. Vale a pena? Bem… isso depende do quão fã de Skyrim você é.

Para não perder a viagem e dar adeus aos dragonborns deste século com bom humor, reuni alguns fatos sobre esta épica aventura para Dovahkinn nenhum botar defeito. Vamos aos fatos. E a desconstrução de alguns deles.

1. Sem preconceitos: Khajiit e Argonians podem ser Dragonborn.

2. A alegria de se jogar no PS3: Mamutes voam. Cavalos voam. Até carroças voam.

3. Não tenha medo de dragões: Ou só deles. A fauna local toda te odeia mesmo.

4. Supersexy: Dragonborn é sucesso, charme e glamour. Todos te querem. Homens e mulheres.

5. Sem preconceitos (2): Argonians podem ser lobisomens. Ainda que isso seja muito, muito estranho.

6. A Shadowmere pode morrer. Não gente, ela não é imortal. Principalmente se você joga no PS3.

7. Educativo: Skyrim te ensina que não se pode matar crianças. Nem que você queira.

8. Lições de coragem: Sim, você luta contra dragões, exércitos de draugr, espíritos da floresta e coisa e tal. Mas quer maior prova de coragem do que ter que comer erva, cogumelos e sais para saber qual o efeito eles causam?

9. Se sua seguidora se perder de você em um dungeon, ela pode aparecer pelada na sua casa. Ou no seu casamento.

10. A alegria de se jogar no PS3 (2): Um DLC é lançado e você é sempre o último a saber/ jogar. Por que isso é legal? Porque você se diverte mais com os bugs já que quem ri por último ri melhor, hehe. (Não, Aline.)

 

 

– vergonha alheia, Aline…

 

É o fim de Skyrim. Dê sua opinião!

Skyrim foi um sucesso, isso é um fato. Mas, na sua opinião por que isso ocorreu?

( ) Porque foi lançado no dia 11/11/11. Só a Caballa explica.
( ) Porque foi o primeiro jogo ocidental da história a receber nota máxima da Famitsu e o mundo não acabou.
( ) Porque o elmo com chifres é super tendência.
( ) Porque é legal:

FUS ROH DAH pra vocês!

Aline Carvalhal
Share on Tumblr
Feed do Post
20 Comentários em "O adeus do Dragonborn"
  1. 25/04/2013

    Faz 2 anos que estou com esse game e tou com preguiça de jogar shuashuashua :P

    • 26/04/2013

      Somos 2, preguiça de jogar este game. Vivi que não descubra.

  2. The Punisher
    25/04/2013

    Não é desmerecendo o game, ainda mais que nem o joguei mas, já não era sem tempo hein, depois de tanta coisa “pós game” que fizeram pra ele.

  3. Marcelo
    25/04/2013

    É, eu aproveitei a última promoção do Steam, comprei o jogo e o Dragonborn (foi só o que meu dinheiro permitiu) (na verdade, nem isso ele permitia). Caí direitinho na pegadinha do malandro. Mas ainda não me animei a jogar, até porque ainda estou fechando portões de Oblivion no PS3. Mas acho deve ser bem legal sim, e merece os elogios todos que ganhou. Pra mim vai ser legal jogar no PC e aproveitar os mods todos. Mas não me digam que o elmo com chifres é obrigatório, espero que não.

  4. The Punisher
    25/04/2013

    Mas Aline, acho que com “corriginha” você quis dizer corridinha, não foi não?

    • The Punisher
      25/04/2013

      Ou seria corrigidinha?

      • Aline Carvalhal
        25/04/2013

        Sim, hahahaha! Vou dar uma ‘corrigidinha’ no post!

  5. Hélio
    25/04/2013

    Não é nem q o jogo seja superestimado, é só q ele agrada a certos estilos de jogador e não ao meu estilo.

    • HaPa
      29/04/2013

      nenhum jogo agrada a todos os tipos de jogadores

      • Hélio
        29/04/2013

        Verdade, o Skyrim acabou não sendo minha praia pq eu valorizo RPGs com cutscenes contando o enredo, dublagens legais, etc. Mas muita gente gosta, claro.

  6. Diego Correia
    25/04/2013

    Eu acabo sempre esperando as edições completas dos jogos porque eu sei que vão lançar um monte de DLC. Alguns exemplos: Borderlands, Assassin’s Creed, LA Noire, Mortal Kombat…

  7. Leandro Sousa
    25/04/2013

    Depois de 10 meses de encostar no jogo, finalmente meu Dragonborn Dark Elf, arquimago, líder dos Companions, Night Mother Listener, Nightingale, se aventurará na luta entre os Dawnguards e os vampiros. Posteriormente enfrentará o primeiro Dragonborn. Para PS3, os diversos diminuíram bastante…

  8. Leandro Sousa
    25/04/2013

    Correção: Depois de 10 meses sem encostar no jogo…

  9. leandro(leon belmont) alves
    26/04/2013

    “Skyrim foi um sucesso, isso é um fato. Mas, na sua opinião por que isso ocorreu?
    ( ) Porque foi lançado no dia 11/11/11. Só a Caballa explica.
    ( ) Porque foi o primeiro jogo ocidental da história a receber nota máxima da Famitsu e o mundo não acabou.
    ( ) Porque o elmo com chifres é super tendência.
    ( ) Porque é legal:”

    por todos esses quesitos

  10. 26/04/2013

    Mas se não me engano, eu joguei Skyrim que um amigo tinha, uma ou duas vezes… E gostei. Mas a maioria dos RPGs que começo não termino, visto que nunca terminei Fable até hoje.

  11. Sputnik
    26/04/2013

    (X) Porque FUS RO DAH.

  12. Jota
    28/04/2013

    Vish. O jogo tá dando adeus e eu nem joguei ainda. Nunca tive paciência pra jogar isso aí. XD

  13. HaPa
    29/04/2013

    Esperando ansiosamente pelo proximo fallout! agora se a bethesda quiser lançar elder scroll VI sera muito bem vindo!
    obs: muito maneiro o video do harlem shake em whiterum :)

  14. Juliano
    03/05/2013

    “7. Educativo: Skyrim te ensina que não se pode matar crianças. Nem que você queira.”

    Exceção a regra apliquei mods para poder de fato finalizar esses seres tão irritantes de skyrim que são as crianças, inclusive peguei uma quantia de uns 4000 mil dinheiros na cidade dos ladrões pela fiança de ter matado todas as crianças do orfanato. Doentio? Sim? Não? Você decide. Ahahahahah

    Skyrim foi um jogo épico, queria um mapa de Game of Thrones pra explorar, eheh.

  15. Guto Collares
    03/05/2013

    E o péssimo port do título para o PS3 está deixando alguma lição para os gamers?
    E para a Bethesda?
    Pra mim estas são questões importantíssimas… Às quais ninguém parece dar muita relevância.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.