Resumo da Semana: de 10 a 16 de junho

Tags: E3, katamari damacy, mario golf, nintendo direct, secret of mana

GENTE! Cá estou dando continuidade a essa novíssima seção do blog que traz um resumão esperto de tudo que rolou na semana. Antes de mais nada: UFA! Vamos parar e respirar nesse pós-E3? É rapaziada, muita coisa rolou e com certeza não cabe tudo no tictac do meu relógio blogueiro. Portanto, sintam-se a vontade para compartilhar conosco nos comentários qualquer assunto que acharem que ficou faltando ou que merece um destaque maior. E claro deem sugestões para melhorarmos a coluna cada vez mais!

E vamo que vamo!

 

SEGUNDA: Não da pra falar de nada além de E3. Até porque ela foi épica:

Como vimos aqui no blog, a MS prometeu uma apresentação “all about games” e a coisa foi bem por aí mesmo. Entre os destaques da Conferência estavam Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, Dark Souls II, Ryse, Killer Instinct, Forza 5, Dead Rising IIIentre outros ótimos jogos. Teve também anúncio de um novo modelo de Xbox 360, além de claro, a divulgação do preço e do prazo do novo Xbox One, disponível em novembro, custando US$ 499.

Logo após a MS, foi a vez da Conferência da EA. E a empresa surpreendeu positivamente seus fãs mais exigentes com empolgantes anúncios. Destaque especial para o bem-humorado Plants Vs. Zombies: Garden Warfare, para as engines EA Sports IGNITES e Frostbite 3 e o super trailer de Need For Speed: Rivals  com direito a Aaron Paul comentando sobre o filme baseado na série. Ainda teve Dragon Age: Inquisition, NBA Live 14FIFA 14,Madden NFL 25EA Sports UFCBattlefield 4 e claro o feliz anúncio do novo Mirror’s Edge, ainda sem data e sem a confirmação de que será um reboot.

A Ubisoft que vinha de uma boa experiência de E3 ano passado acabou não se saindo tão bem. Mas claro que teve ótimos destaques: Rocksmith 2014Splinter Cell: Blacklist, Rayman: LegendsSouth Park: The Stick of Truth, e claro Watch_Dogs que já não era muita novidade uma vez que o trailer apresentado já havia vazado na rede. Just Dance também estava lá para a alegria de Jejé e Vivi e claro, Assassin’s Creed 4: Black Flag.

Fechando o dia, a Sony “causou” na E3. Nada foi mais falado do que a trollagem promovida pela empresa em cima da rival. Mas deixando isso de lado por um momento, tivemos outras coisas importantes como o anúncio de The Last of Us, Puppeteer, Rain, Beyond: Two Souls e Gran Turismo 6, jogaços para a atual geração. Também tivemos o morno anúncio do PS4 que não valeu todo o mistério em torno dele, mas que… bem, estava lá. Outros destaques foram Batman: Arkham Origins, Infamous: Second Son, Killzone, Final Fantasy XV, entre outros. A empresa deixou para o fim o anúncio do preço de seu console (US$399) e deu seu tapa n acara da rival ao revelar que o PS4 não precisa ficar conectado o tempo todo e que o comércio de jogos usados é livre.

TERÇA: Foi a vez da Nintendo mostrar com Satoru Iwata suas simpáticas franquias: Super Mario 3D, Bayonetta 2 (agora exclusivo),  Pokémon X / Y, Donkey Kong Country: Tropical FreezeThe Legend of Zelda: The Wind Waker HDPikmin 3New Super Luigi U, todos para WiiU.  E Mario & Luigi: Dream TeamThe Legend of Zelda: A Link Between WorldsYoshi’s New Islande; Shin Megami Tensei IV: Ritual; entre diversos outros… para 3DS!

 

QUARTA: “Não tem internet? Compre um Xbox 360”

256130-e3inanutshell

Reflexo da E3, Don Mattrick acabou dizendo sandices. Ao ser entrevistado sobre o lançamento do Xbox One em uma quantidade menor de países devido a demanda do console por conectividade, Don fez o comentário que acabou sendo entendido como insulto por muitos. Não sei. Há exceções, mas acho que muita gente não vai acatar o conselho, Don. Afinal, existe Wii U e PlayStation 4.

 

QUINTA: Morre o ilustrador de Secret of Mana

Seikendensetsu2

Perdemos muito com a morte do lendário Hirō Isono, conhecido pela franquia Mana da Squaresoft (chamada de Seiken Densetsu no Japão). Ele trabalhou em praticamente todos os jogos desde Final Fantasy Adventure em 1991 até Heroes of Mana em 2007.

SEXTA: Lançamento de The Last of Us!

Um dos jogos mais esperados do ano já está entre nós.  O exclusivo do console da Sony promete “encerrar” a geração do PlayStation 3 com chave de ouro. Ah, mas parece que o jogo está tendo problemas com saves. Muita gente está culpando a atualização 1.01, mas a Sony disse que já fez tudo para corrigir o problema. Na dúvida, não confie só em save automático e bom jogo!

 

SÁBADO: Mario Golf sofre atraso

A clássica franquia de golfe da Nintendo não vai chegar ao 3DS a tempo. O jogo só deve dar as caras lá para 2014.  Mario Golf: World Tour foi anunciado em fevereiro deste ano e ninguém esclareceu o motivo do atraso. Esse é o sexto jogo da franquia que existe desde 1999 com jogos para N64, Game Boy Color, Game Boy Advance, e GameCube.

DOMINGO: Yaiba é spin-off da franquia Ninja Gaiden

O jogo promete ser um action-comedy com direito a zumbis! O que quer dizer que ele deve trilhar um caminho bem diferente de sua franquia mãe. Como jogos assim não costumam vender bem, temos que acreditar que o nome da série e a fama dos devs que estão por trás do projeto façam um bom trabalho!

 

Aline Carvalhal
Share on Tumblr
Feed do Post
10 Comentários em "Resumo da Semana: de 10 a 16 de junho"
  1. Hélio
    16/06/2013

    Meus pêsames pelo ilustrador da série Mana. Lembro q fiquei impressionado no PSOne qdo vi aquela arte belíssima do Legend of Mana. O jogo em si tinha um sistema q eu não gostava, mas sempre passou a sensação de muita vivacidade com seu belíssimo visual. Dawn of Mana tbm é um colírio.

  2. Jessica Pinheiro
    16/06/2013

    Gente, eu não sabia disso sobre o ilustrador do Legend of Mana! Por isso são ótimos esses resumos daqui do blog! Estou chocada… :O
    Que descanse em paz!

  3. Shaka
    16/06/2013

    O Xbox já não ia bem ai vem esse cara e fala uma cagada dessa, a divisão de consoles da microsoft ta uma zona hein, não tão dando uma dentro.

    Muito linda essa ilustração do Secret of Mana

  4. 16/06/2013

    Bom, já que fizeram um resumo da semana, acho que vou dar minha opinião ENORME sobre o que achei dessa semana também. Começando pela Nintendo, que já sabem né, quando começo a falar me torno prolixo, dá até pra fazer uma dissertação de mestrado em cima da empresa.

    Desde o começo do Nintendo 64, passando pela geração do Game Cube, a empresa vinha tendo uma queda nas vendas. Na fase do Wii, ela percebeu o seu maior diferencial, desistiu de brigar por hardware e voltou-se para a diversão pura e simples. Errou e aprendeu. Com um console humilde e trabalhando uma faixa de preço menor, dispara na frente, mesmo que pra depois perder o fôlego (vendeu tanto que não tinha mais quem comprasse… haha) e lidera a geração focando em jogos casuais baseados em movimento. Sobre o Wii U, alguns acertos: ele suporta jogos em Full HD (o 4K ainda demorará a se popularizar e isso dá pelo menos 3 anos de segurança para o console. Pra se ter ideia, o Brasil ainda transmitirá em sinal analógico por mais 3 anos! LOL!); retrocompatibilidade de controles e jogos; introduziu novas maneiras de se jogar videogame. Alguns erros (já conhecidos): A Nintendo não está se importando de verdade com os ditos jogadores hardcore; debandada de third-parties. Sobre a E3, Nintendo e dignidade deveriam virar sinônimo depois do evento. Não subiram no palco, mostraram uma demonstração fechada e fizeram a egípcia para as concorrentes. A apresentação deles foi voltada e COMPLETAMENTE voltada para os fãs. Há quem ache isso ruim, eu achei um ponto positivo. E os games já comentei sobre eles no outro post.

    Sobre o Xbox One e a Micro$oft, controverso sobre sua política, reconheceu uma tendência de mercado e tomou todas as suas decisões pensando em como será a distribuição de software no futuro. Ela está incorporando a mentalidade da Apple de como adquirir aplicativos, músicas e vídeos. Não há mais a necessidade de mídia. Todo o seu acervo estará disponível na nuvem e o catálogo de jogos será imenso. É só buscar na loja e baixar. Lentamente a distribuição tradicional de jogos em lojas acabará e em alguns anos, o mercado de games será idêntico ao de música. O processo já começou na geração anterior e já está ecoando nessa. Os números de vendas da eShop do Wii U são altíssimos e evidenciam a transformação da distribuição e venda de propriedade intelectual. Erros: Você não poderá levar a cópia física para a casa do seu amigo; conexão obrigatória (a verdade é que, provavelmente, em 95% do tempo isso não será um problema. Mas o medo dos 5% em que não teremos conexão e a mentalidade por trás disso fez com que houvesse um rage coletivo), e o preço, claro.

    E claro, meu comentário da empresa e console mais esperado, a $ony e PS4. <3 Começando por esta ideia de que $ony venceu a Micro$oft, que, na minha opinião, venceu apenas uma batalha de Marketing. Tirou da equação todos os pontos criticados pelos usuários durante os últimos meses e fez questão de se colocar como anti-qualquer-coisa-que-a-Micro$oft-declarou. Pode ter certeza que a $ony ajustou o preço no dia do pronunciamento da E3. A conta era: Se o Xbox custar X, o nosso vai custar X-Y. E foi o que fizeram. Seguindo a mesma mentalidade da Nintendo, porém com perdas maiores, uma vez que o custo de produção de seu console ultrapassa e muito o da Nintendo. Outro ponto negativo, terá que PAGAR pra jogar online multiplayer. Tem quem ache isso até compreensível. Mas pfvr, a obrigação de ter de pagar pra jogar online é que está errada. Qual é o seu custo hoje para jogar um jogo online em seu PC, no Steam (olha ele aí)? ¯\_(ツ)_/¯ (Meus haters vindo me atazanar depois disso) Sem contar que PS4 não trouxe grandes novidades: apenas melhorou o hardware para que rodassem os games com qualidade gráfica melhor (como se a ordem ilógica das coisas não fosse acontecer isso), ah, e claro, colocou um botão "share" e touch pra deixar o joystick ainda mais trambolho.

    Por fim, quem muito ajudou o Steam foi a própria Microsoft com seu controle de Xbox compatível com Windows. É só ligar o seu Steam na TV e usar o controle do dentro do Big Picture e pronto! É como se você tivesse um console em seu PC, com a vantagem de se ter um excelente gamepad. Então, por que pagar 500 dólares em um novo hardware para jogar o mesmo jogo que já está disponível no Steam? Sendo que lá eu vou pagar provavelmente menos pelo título, posso acessar de qualquer lugar, tenho um catálogo permanente e posso jogar com os meus amiguinhos? A verdade é que na maioria dos casos não há mais um benefício real em se comprar um console, se o critério de seleção dos jogadores for apenas “os gráficos” ou o “multiplayer”. E este tipo de jogador, que se diverte com “Call of Duty” e similares que não são exclusivos de uma plataforma, deve migrar aos poucos para o PC.

    Lucas De Camillo iluminando minhas ideias. rs E claro, como sempre digo, só o fim da geração vai dizer com certeza qual empresa vai se sair melhor.

    Sobre The Last of Us, realmente espero que ele seja um ótimo game de survival horror, estilo de game que vem sofrendo bastante nos últimos tempos. E sobre ser GOTY, espero que ele não sofra da síndrome do game messias. Lembram do Allan Wake? Game of The Year, esperadíssimo, cheio de hype e exclusivo de PS3. Fui jogar e achei o contrário, chato, chupinhado de um monte de games de survival horror feito antes, e ainda tem que usar lanterninha no rosto dos oponentes nas batalhas. PQP.

    Meus pêsames pela morte de Hirō Isono e torço para que as Girls sigam para a E3 ano que vem! See ya!

    • 22/06/2013

      Epa, Alan Wake é exclusivo de Xbox! Reparando o erro a tempo… rs

  5. leandro(leon belmont) alves
    17/06/2013

    Hiroo Isono morreu.

    ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

    uma grande perda para os games…..estou de luto aqui

  6. The Punisher
    17/06/2013

    Vi um game play desse “Ninja Gaiden” e achei muito, mas muito tosco, isso para não dizer coisa pior.

    • Aline Carvalhal
      17/06/2013

      Pior que eu também! hahahaha

  7. Marcelo
    18/06/2013

    Ótima seção, obrigado pelas informações!

  8. Vagner
    19/06/2013

    Eu gostei gostei do Ninja Gaiden Lâmina(Yaiba), lembra bastante Mad World para Wii.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.